RÁDIO SAGRADA UMBANDA - OUÇA - USE OS CONTROLES PARA O VOLUME OU PAUSAR AS MÚSICAS

sexta-feira

FACULDADES PARANORMAIS E OUTRAS - SIGNOS E SUAS REGÊNCIAS NO CORPO FÍSICO

FACULDADES
PARANORMAIS - ANÍMICAS – PARAPSÍQUICAS - METAPSÍQUICAS
São poderes do Eu Superior, dons e gabaritos de alma, sem intervenção direta ou indireta de Entidades Espirituais, conquistada através de vários processos encarnatórios evolutivos.
Todas essas faculdades se manifestam através do chakra Frontal (situado no centro da testa) e muitas vezes não se tem controle do que está acontecendo porque, é um fenômeno espontâneo.

Os diferentes tipos são:
- VIDÊNCIA / CLARIVIDÊNCIA: Subdivide-se em:
. Objetiva: é rara, vê mentores, entidades espirituais do alto e baixo astral, o aura   
e chakras das pessoas.
 . Abstrata: muito comum, fecha os olhos e rapidamente vê formas, cores,       
           situações.
 . Estado Hipinagógico: estado alpha de consciência está relaxado ou meditando
 e acessa o subconsciente ou inconsciente e vem imagens do astral, vidas   
 intrauterinas ou passadas
. Viajora: é a distância, divido a projeção do chakra frontal podendo acessar  
 locais e paisagens dos planos astrais e do plano físico.

- AUDIÊNCIA / CLARIAUDIÊNCIA: escutar sons, música e entidades do baixo e alto astral e de esferas superiores.
- PROJEÇÃO DO CORPO ASTRAL OU DA CONSCIÊNCIA / VIAGEM ASTRAL / DESDOBRAMENTO: É comum a todas as pessoas sem exceção, também conhecida como “SAÍDA DO CORPO” ou “DESCOINCIDÊNCIA”. Normalmente realiza-se durante o sono da noite em média de 3 a 4 vezes. Pode também ser realizada a qualquer momento, por pessoas que dominam essa faculdade. É a principal faculdade paranormal, é mérito de todos.
Ela pode ser:
. Inconsciente: não se lembra de nada ao acordar ou quando se lembra de alguma       coisa atribui a sonhos ou pesadelos, tem uma vaga lembrança. Acontece com a maioria das pessoas
. Consciente: lembra-se de tudo, interage, fazendo com que esse processo se torne uma grande ferramenta de aprendizado, autoconhecimento e autoajuda e evolução em todos os sentidos. Esse processo é muito utilizado nos trabalhos de Apometria. Pode ser realizada não apenas durante o sono, mas, a qualquer momento devido ao domínio e conhecimento de quem faz.  

BICORPOREIDADE E TRANSFIGURAÇÃO: É o desdobramento do corpo astral da pessoa aparecendo em outros locais do plano físico, podendo adquirir a visibilidade e a tangibilidade (pode ser tocado), pois, o corpo astral é semi-material.

RETRO –COGNIÇÃO: lembranças de vidas passadas e de período Intermissivo  (entre vidas enquanto não reencarna). Possibilita a T.V.P. (. terapia de vidas passadas) de modo natural e não induzido.

PRÉ-COGNIÇÃO OU PREMONIÇÃO: também conhecida como ”DEJAVÚ”, acessa fatos futuros.

PSICOMETRÍA: leitura energética feita com objetos, roupas e outros materiais acessando o passado e o momento recente.

TELEPATIA: capta pensamentos, leitura energética das pessoas.

CINESTESIA: enxerga as cores ligadas e vibradas nas palavras, músicas e todos os tipos de sons.

INTUIÇÃO: é o aviso da Alma. ““Também conhecida como INSIGHT”. É a leitura energética de vibrações, cheiro, gosto, influências locais / etéricas / astrais, pressentimentos e ideias.

AMPARO – OBSESSÃO OU ASSÉDIO ESPIRITUAL

Dependendo do seu padrão emocional e pensamentos, a pessoa poderá atrair Espíritos Amparadores ou Assediadores.

AMPARO: é o relacionamento espiritual do amparado (ser/consciência encarnada) com o amparador (ser/consciência desencarnada). O amparo positivo é baseado na cosmoética e, não nas boas intenções sem discernimento consciencial. Visa a evolução das consciências (amparador e amparado), ao fomentar o auto- aperfeiçoamento, baseado no esforço próprio sem paternalismo e com esclarecimento sadio.
Todos têm um amigo espiritual sadio ou podem tê-lo, se o desejarem, através do empenho no caminho do comportamento cosmoético, ou seja, desde que atuem efetivamente pelo melhoramento íntimo, o amparo é providenciado. Seu amparador é alguém semelhante a você, talvez até um pouco melhor em cultura, ideais e potenciais bioenergéticos, intelectuais e conscienciais.
AMPARO NEGATIVO: é baseado em interesses bioenergéticos e de poder. Exemplo: os assediadores protegem uma pessoa (alcoólatra, toxicômano, sexólotra), de doenças e outros riscos à integridade física, a fim de manterem vivo aquele negativo portal interdimensional. Eles bebem, fazem sexo e tomam drogas por meio do amparado. Podem proteger os negócios de um alto empresário que faz muitas pessoas e funcionários sofrerem, para vampirizarem aquelas energias de sofrimento.

AMPARO POSITIVO EVENTUAL: quando você ajuda alguém, você faz as seguintes amizades: o encarnado que você ajudou e o desencarnado, o amparador do ajudado, além de membros da família extrafísica do encarnado assistido, que podem eventualmente compor sua oficina extrafísica de amigos sadios.

AMPARO NEGATIVO EVENTUAL: quando você tem qualquer sentimento negativo contra alguém, os assediadores extrafísicos deste captam imediatamente suas energias negativas, vindo para cima de você em apoio. Incentivam você a fim de que, cada vez mais, prejudique (com seus pensamentos e sentimentos) a quem eles odeiam.

OBSESSÃO OU ASSÉDIO: trata-se do domínio que alguns espíritos podem adquirir sobre certas pessoas sejam elas quais forem, independente de raça, condição social, econômica ou cultural, do caráter, da honestidade, da idade, da religiosidade, como também, e principalmente em médiuns, pois o melhor médium está sujeito a isso. São sempre os espíritos inferiores que procuram dominar, pois os bons não exercem nenhum constrangimento.
Agarram-se aos que conseguem prender. Se chegam a dominar alguém, identificam-se com o espirito da vítima e a conduzem como se faz com uma criança.
O obsessor entra na faixa vibratória da pessoa por causa da sua autoimagem obscura e negativa, aproveitando o vácuo e entrando na sua energia apossando-se do seu Aura, começando a interferir e controlar a pessoa.
Eles não produzem o mal em nós, apenas estimulam, promovem o desenvolvimento e potencializam o mal que está dentro de nós.
A obsessão também pode ser: “mandada” por: vingança, inveja e outros motivos através de:“ trabalho feito”, “feitiço”, “macumba”, ou seja, da Magia Negra, atuando no poder de quem faz e manda, contra a fraqueza de quem recebe.
Se a pessoa for “pegável” atrai; se tiver medo ou zombar atrai. Caso contrário, ela bate e volta para onde e quem a originou, o seu campo de origem.
A obsessão pode se dar por inimigos de vidas passadas que não estão encarnados.
Atua também em crianças, através das tendências negativas de vidas passadas delas, que se manifestam na encarnação atual. Não é ao acaso que observamos crianças mais maliciosas em todos os sentidos, maldosas, drogadas e até cometendo assaltos e crimes. Como também, crianças principalmente até os 7 anos, que acabam atraindo obsessores que por não conseguirem atingir os pais ou, por vingança, acabam atuando nelas.
As obsessões também se dão por inimigos de vidas passadas. Outra forma são familiares, amigos e pessoas estranhas que faleceram e não têm consciência disso e são atraídos pelas mesmas vibrações negativas dos encarnados, esses obsessores são conhecidos como “encostos” e/ou ”eguns”
A obsessão e ou assedio apresenta características diversas que precisamos distinguir com precisão, resultante do grau do constrangimento e da natureza dos efeitos que este produz.
Os principais tipos, que também agem sobre os médiuns são:

- SIMPLES: no médium intromete-se contra a sua vontade nas comunicações que ele recebe, impedindo-o de se comunicar com outros Espíritos e substitui os que são evocados, tendo o inconveniente de dificultar as comunicações com os Espíritos sérios ou com os de sua afeição.

- FASCINAÇÃO: tem consequências muito mais graves. Trata-se de uma ilusão criada diretamente pelo Espírito no pensamento do médium e que paralisa de certa maneira a sua capacidade de julgar as comunicações. O médium fascinado não se considera enganado. O Espírito consegue inspira-lhe uma confiança cega, impedindo-o de ver a mistificação e de compreender o absurdo do que fala, escreve e age.  A ilusão pode cegar ao ponto de leva-lo a considerar sublime a linguagem mais ridícula.  
O Espirito dirige a sua vitima como se faz a um cego, podendo leva-lo a aceitar e acreditar piamente nas doutrinas e práticas mais absurdas e as teorias mais falsas como sendo as únicas expressões da verdade. Além disso, pode arrasta-lo a ações ridículas, comprometedoras e até mesmo bastante perigosas, envolvendo até os dirigentes de instituições que se consideram devidamente assistidos, para fazerem o que quiserem e até mesmo reformular, criar princípios, fundamentos e práticas que não condizem com a doutrina praticada, e por isso mesmo o obsessor teme mais do que tudo as pessoas que veêm as coisas com clareza.
Sua tática é quase sempre a de inspirar a seu médium o afastamento de quem quer que possa abrir-lhe os olhos. Evitando, por esse meio, qualquer contradição, estar certo de ter sempre razão.

- EVENTUAL: em determinados dias, horas e locais que você não está muito bem quanto às emoções e aos sentimentos e, por consequência, mal energeticamente, vendo e sentindo suas energias com brechas, os assediadores que tiverem afinidade com você “vão cair matando” e quando ficarem satisfeitos (se ficarem satisfeitos) irão embora.

- CONSTANTE: é um dos mais graves fatos com origem e causas de vidas passadas. Nossas vítimas do passado, mantendo intacto ódio visceral, nos perseguem incessantemente durante uma ou mais vidas inteiras, inclusive através de procedimentos magísticos como a ARQUEPADIA (detectada pela Apometria) que é um tipo de magia antiga com consequências atuais, a fim de procurar e continuar a vingança eterna. Costumam não (querer) perceber que nós mudamos ao longo dos séculos, de que já não somos as mesmas pessoas que as prejudicou (ou a mesma pessoa que elas pensão que as prejudicou) em um momento do passado, até remoto.
Existem grandes assédios que têm cura em curto prazo e, pequenos assédios que não têm cura em curto prazo.

- SUBJUGAÇÃO: é um envolvimento que produz a paralização da vontade da vitima, fazendo-a agir contra o seu caráter e maneira de ser, é uma verdadeira opressão, dominação e domínio moral. Ela pode ser Moral ou Corpórea:
Moral: o subjugado é levado a tomar decisões frequentemente absurdas e comprometedoras que, por uma espécie de ilusão, considera sensata (é uma espécie de fascinação).
Corpórea: vai às vezes mais longe, podendo levar a vitima aos atos físicos mais ridículos, por mais que tenha consciência do ridículo que está praticando contra a própria vontade.

- POSSESSÃO MALIGNA: é oriunda de erros graves do passado, de sentimento de vingança e forte afinidade bioenergética. Ela consiste em domínio da vontade do desencarnado sobre o encarnado. Dessa forma, são muito comuns os atos e crimes hediondos que acontecem (assassinatos, estupros, suicídios, torturas, loucuras, pedofilia, agressões graves, etc..) muitas vezes, sem motivo aparente.
Há determinados casos de dupla personalidade, bipolaridade, psicopatia, esquizofrenia, suicídio, síndrome do pânico e depressão, que são o resultado de prevalência da mente mais forte de ânimo, do desencarnado obsessor sobre a mente de vontade mais fraca, do encarnado obsidiado.
O exercício das práticas de assistência (aos outros e espiritual), da cosmoética, do conhecimento e autoconhecimento, faz crescer a sadia força de vontade e alimentam a autoestima e autoconfiança, para que o obsidiado se livre dessas consciências extrafísicas vingativas lentamente.

- “SEMIPOSSESSÃO” BENIGNA: é uma expressão comparativa. Não existe possessão ou semipossessão do amparado em relação ao amparador. Privilégio de dedicados e empenhados trabalhadores espirituais, quando do desempenho de suas tarefas de assistência maior a outras consciências. Acontece nos trabalhos de assistência espiritual regular, metódica, disciplinada e estruturada, pessoal e grupal; em trabalhos com bioenergia, tarefas energéticas pessoais, cursos e palestras com bons sensitivos, já com prática e bem treinados para isso desde o curso internissivo (entre vidas). O amparador, mentor do trabalho no momento, acopla e “domina” o médium, e discretamente faz todo um trabalho bioenergético, e o médium, consciente, lúcido e de comum acordo, cede o corpo e as energias em “semipossessão” benigna, voltadas ao alcance do melhor resultado para o bem de todos.

 Existem também 2 tipos de obsessões atraídas e criadas pela própria pessoa, que são :
- PSEUDO-OBSESSÃO: a pessoa atrai a obsessão e a alimenta com seus desejos, gula, vícios, fantasias secretas e libidinosas, emoções mal resolvidas, pensamentos negativos obsessivos, inveja, caráter duvidoso, etc..

- AUTO-OBSESSÃO: é a maioria de casos de obsessão. Pessoas extremamente medrosas, inseguras, com baixa estima, magoadas, coléricas, invejosas, prepotentes, donas da verdade e dependentes, criando com isso formas pensamentos animicamente, dando até formas e as alimentando com todas essas emoções e sentimentos, sentindo-se até pesadas.

O mais eficaz aperfeiçoado e intrigante método de obsessão são as:

- OBSESSÕES COMPLEXAS OU FENÔMENOS OBSESSIVOS DE ALTA
   COMPLEXIDADE: é ativada, monitorada e controlada à distância, não ficando o obsessor próximo da vitima. Detecta-se no obsidiado a presença de artefatos e instrumentos da tecnologia astral, como implantes de aparelhos parasitas (chips), implantados nos corpos etérico e astral da vitima durante o sono e ou perda súbita da consciência (desmaios, acidentes, etc..) momentos que se dão o desdobramento desses corpos, como também, larvas astrais e outras criações de seres conhecidos como cientistas (sob o comando dos magos negros), que possuem uma estrutura técnica e de bagagem científica, além daqueles que, desde épocas remotas lidam com forças ocultas da natureza, nos chamados procedimentos da magia negra ou goécia.
Costumam utilizar-se de eficiente magnetismo para flagelar comunidades inteiras, famílias ou indivíduos, seguindo ordens conforme deliberação do Conselho dos Magos Negros. Utilizando-se da ação de vampiros astrais, parasitas, larvas ou vírus, criados e mantidos em seus laboratórios, nas regiões subcrustais ou abissais     
(fundo gélidos dos oceanos), sugam as energias vitais das suas vítimas, provocando todo tipo de flagelo psíquico ou físico contra tudo e todos que trabalham para o progresso e evolução no planeta em todas as áreas (cientificas, tecnológicas, religiosas, politicas e nas artes), chegando até à promoção de doenças viróticas.
Os métodos tradicionais de desobsessão não conseguem detectar a causa desse tipo de obsessão, que pode ser detectada e combatida pelo método da Apometria.

- OUTRAS FORMAS: de relacionamento bioenergético e acoplamento (obsessão ou amparo) que acontecem:
- DE ENCARNADO PARA ENCARNADO
- DE ENCARNADO PARA DESENCARNADO
- DE DESENCARNADO PARA ESPIRITO
Essas formas de relacionamento podem ser obsessões ou amparo, conforme a qualidade da energia que compõe o processo no momento.
A evolução se dá de qualquer forma, por bem ou por mal. O mal é relativo; serve de instrumento do bem. Tudo pesa a favor da evolução, até as piores desgraças coletivas. Tudo está no seu devido lugar. A administração da Justiça Cósmica é perfeita e infalível. Nela não existem falhas. Dela não provém acasos, coincidências, fatalidades, injustiças ou eventos inexplicáveis.

Exemplos de Alguns Desequilíbrios Físicos, Emocionais e Psíquicos Que Também Podem Ser Causados Pela Obsessão:

·         Depressão
·         Síndrome do Pânico
·         Esquizofrenia
·         Epilepsia
·         Bipolaridade
·         Hiperatividade
·         T.O.C. – Transtorno Obsessivo Compulsivo.
·         Déficit de Atenção
·         Drogas
·         Alcoolismo
·         Hipocôndrismo
·         Gula
·         Psicopatia
·         Fanatismo
·         Nervosismo e Irritação Excessivos
·         Excesso de Sensualidade
·         Transtornos Sexuais
·         Preguiça / Inércia
·         Fortes Dores De Cabeça Sem Causas Físicas
·         Estresse Muito Forte Sem Causa Física
·         Falta de Energia / Vitalidade
·         Dores Pelo Corpo Sem Causa Física (fibromialgia) principalmente coluna e pernas
·         Auto Flagelação Causando Danos ao Corpo
·         Choro Excessivo Sem Causa Aparente
·          Angústia
·         Demência
·         Tonturas e mal estar súbito sem causa física
·         Desmaios súbitos sem causa física
Esclarecendo e tirando todas e quaisquer dúvidas, cabe aqui informar que:
·         O amparo só pode ajudar quem faz por si e merece. O merecimento vem do sentimento e não das coisas boas feitas. A pessoa deve sentir que merece. Assim, a felicidade não é só por uma conquista externa, é também, e principalmente, por uma conquista interna.
·         A palavra INCORPORAÇÃO não traduz a realidade, porque, o espirito ou o obsessor não entram no corpo do médium e ou absidiado. Ele ACOPLA, ou seja, fica em volta do Aura, sintonizando e ajustando suas vibrações às vibrações dos corpos etérico e astral (mental, psíquico, emocional e energético) da pessoa, influenciando assim a parte mediúnica, sensorial e motora(corpo físico)
·         Dois ou mais corpos podem ocupar o mesmo espaço, porém, em planos e ou dimensões diferentes.
Objetivando auxilia-los em suas escolhas para saberem perceber, diferenciar e ficar alertas em relação a locais, dirigentes, médiuns e entidades que estão sob a influenciação, vibração e irradiação da LUZ (sob o comando de Magos Brancos) ou das SOMBRAS/TREVAS (sob o comando de Magos Negros), relaciono abaixo essas diferenças e características e alertando para que: ”Nem tudo o que você vê é. Nem tudo o que é você vê”.


GERENCIAMENTO E LIDERANÇA DE
GRUPOS ESPIRITUALISTAS

É necessário que os dirigentes tenham percepção, honestidade de propósito, ética, compaixão, humildade e conhecimento.
Toda pessoa que se expõe nessa atividade, estará sempre sujeita a invasão, criticas e exageradas expectativas. A questão é como reagirá perante tais condutas e não ter preconceito, ou seja, o apego que tem aquilo que acredita ser a (sua) verdade.

Estar sempre receptivo para novos conhecimentos, mesmo que venham das pessoas que estão sob a sua direção; se atualizar e se reciclar, porque o conhecimento espiritual e metafísico é muito amplo e o saber tudo está infinitamente longe.

Lamentavelmente, mesmo na comunidade dos adeptos dos trabalhos mediúnicos, como o espiritismo, umbanda, candomblé, espaços espiritualistas entre outros, sedimentou-se a estagnação e o imobilismo nos conceitos, na conduta e na forma de gerenciar as atividades.
Coragem e Prudência são dois fatores fundamentais nesses trabalhos. Porém é necessário se adquirir bastante discernimento para equilibrar esses fatores.
O prudente, a pretexto de cuidado, quase sempre fica na acomodação e na morosidade.
O corajoso, empenhado em vencer desafios novos, normalmente vai em direção à insensatez e caem na arrogância, prepotência e vaidade.

E o resultado desses dois extremos ora prejudica as relações, ora o exercício da mediunidade.
Nas relações, em nome da convivência honesta e transparente, adota-se uma franqueza fatal, dessa forma, atraindo campo para o melindre, a discórdia, a maledicência e a mágoa.
Nas atividades mediúnicas, vão na contra mão das normas de segurança, caindo na armadilha do animismo. Sob o influxo dessa teia vibratória, muitas das mensagens e iniciativas sofrem a interferência da egrégora coletiva do grupo.

Com isso, fazem uma leitura indevida da postura do grupo de amparadores espirituais, em relação aos objetivos e fundamentos da casa das experiências vividas nessa relação mediúnica. Em ambos os casos existem excessos, e isso acarreta prejuízo e perturbação.

O orgulho de suporem serem dotados das habilidades para julgar o que está dentro do outro, especialmente quando tem proximidade com esse alguém. A partir dessa postura de orgulho, a convivência caminha para uma das ações mais frequentes na geração de conflito e da desavença: o desrespeito ao livre-arbítrio desse alguém.

Essa é uma conduta típica das pessoas ditas destemidas, não percebendo, tanto quanto deveriam que essa atitude é para si mesmo, e atentar para que deixe o trono da vaidade.
E nome do ajudar, vigora o desrespeito e a rígida estrutura mental do interesse pessoal. A consequência desse personalismo condicionado mostra a incapacidade de sentir que cada pessoa é diferente, é um mundo de percepções particulares, únicas.

Esse ajudar passa por um julgamento e ao sentenciar, é tomado pela prepotência de supor que não só sabe as dificuldades que existem no intimo do outro, mas que, tem também a solução para elas. Isso é um efeito sutil do orgulho.
Raramente escapa dessa armadilha moral de respeitar os diferentes e suas diferenças e, por isso mesmo, não usa a ética do respeito que lhe permitirá segurança para penetrar no mundo intimo do outro, na condição sincera de ajudar com compaixão as feridas ou dificuldades do outro, merecendo a confiança nele depositada.

PODER: estar no poder é como ser uma dama - se tiver que lembrar às pessoas que você é você não é.
A base da liderança não é o poder, e sim a autoridade, conquistada com amor, dedicação e sacrifício (ou sacro – ofício).
Respeito, responsabilidade e cuidado com as pessoas são virtudes indispensáveis a um grande líder. Ou seja, para liderar é preciso estar disposto a servir.

Esses são conceitos fundamentais para melhorar a capacidade de liderança e o convívio com as pessoas, ajudando assim a se tornar uma pessoa melhor e abrir caminho para o sucesso duradouro.
O líder não tem necessariamente que gostar dos seus liderados (médiuns e colaboradores) e assistidos, mas como líder deve amá-los. O amor é lealdade, o amor é trabalho de equipe, o amor respeita a dignidade e a individualidade. Esta é à força de qualquer Instituição.

AMOR E LIDERANÇA: são sinônimos em essência. O amor é paciente, bom, não se gaba nem é arrogante, não se comporta inconvenientemente, não quer tudo só para si, não condena por causa de um erro cometido, não se contenta ou tem prazer com a maldade, mas com a verdade, suporta todas as coisas que for possível. É caridade e serviço.
  AUTORIDADE E LIDERANÇA
·         Honesto, confiável.
·         Bom modelo.
·         Cuidadoso.
·         Comprometido.
·         Bom ouvinte.
·         Mantem as pessoas responsáveis.
·         Trata as pessoas com respeito.
·         Incentiva as pessoas.
·         Atitude positiva, entusiástica.
·         Gosta das pessoas.
             AMOR
·         Paciência.
·         Bondade.
·         Humildade.
·         Respeito.
·         Generosidade.
·         Abnegação.
·         Perdão.
·         Honestidade.
·         Confiança.
·         Compromisso.
           PACIÊNCIA: mostra autocontrole em face da adversidade
           BONDADE: dar atenção, apreciação e incentivo.
 HUMILDADE: ser autêntico, sem pretensão, egoísmo, vaidade, orgulho ou
 arrogância     
RESPEITO: tratar as pessoas sem diferença
ABNEGAÇÃO: satisfazer as necessidades dos outros e não as vontades.
PERDÃO: desistir de ressentimentos quando questionado e ou enganado. É lidar de um modo afirmativo com as situações que aparecem e depois desapegar-se de qualquer resquício de ressentimento. Se não for capaz disso sua energia será consumida e se tornará ineficiente.
HONESTIDADE: ser livre e isento de engano e dedicado à verdade.
COMPROMISSO: ater-se às suas escolhas e comprometer-se com elas. Se não estiver comprometido como líder provavelmente desistirá de exercer autoridade e voltará á uma posição de poder. O verdadeiro compromisso envolve o crescimento do individuo e do grupo, juntamente com o aperfeiçoamento constante. O líder comprometido dedica-se ao crescimento e aperfeiçoamento de seus liderados.
Bem como ele também empenhar-se em crescer e se tornar o melhor que puder.
Isso requer compromisso, paixão, investimento nos liderados e clareza por parte do líder a respeito do que ele pretende conseguir do grupo.
Se colocar a serviço dos outros e se sacrificar por eles, ou seja, sacrificar seu ego e      até seu mau humor em determinados momentos; sacrificar o desejo de explodir com alguém em vez de ser apenas firme; sacrificar para amar e se doar a pessoas que nem mesmo aprecie, amar não é como se sente em relação aos outros, mas como se comporta em relação aos outros.
RESULTADOS: serviço e sacrifício. Pôr de lado suas vontades, vaidades, interesses e necessidades, e buscar o maior bem e o progresso para todos.
Liderança natural e não imposta.

 A noção de justiça, mesmo nos grupos mais educados e esclarecidos, ainda se encontra corrompida pelo interesse pessoal.
Incluem-se nesses grupos muitos servidores propensos ao bem, ainda presos nos reflexos perniciosos do egoísmo sutil, por fugas inteligentes na direção de vantagens particulares.
A coletividade espiritualista em suas várias vertentes doutrinárias ou filosóficas, não está fora desse contexto evolutivo.
A hierarquia e o dogmatismo são alguns desses aspectos negativos mentais elegidos pelos seus dirigentes atados ainda nesse personalismo.
Com a hierarquia busca segurança e sensação de vitória.
Com o dogmatismo ilude-se a si mesmo a cerca daquilo que lhe convém acreditar e fazer a gosto o uso de seus pontos de vista e de suas duvidosas verdades.

  
METAFÍSICA

Toda evolução se desenvolve partindo do UNO (1) como essência, em um universo totalmente POLAR (2), pois tudo o que existe é polar e tem o seu oposto ou complemento, e se manifesta sempre de uma forma TRINA (3), como reflexo da Divindade Trina (Pai-Mãe-Filho), e é por isso que somos divididos em espirito-alma-corpo, cabeça-tronco-membros, coxa-perna-pé, braço-antebraço-mão, falange-falanginha-falangeta, e toda evolução ocorre de uma forma SETENÁRIA (7), por isso a nossa constituição é composta por 7 corpos, que portanto, na manifestação setenária temos:
- O Corpo desdobrado em veiculo Físico e Vital (duplo etérico).
- A Alma em corpo Emocional (Astral ou Períspirito) e Mental Concreto ou Inferior (raciocínio)
- O Espirito em Três princípios: Mental Superior ou Abstrato ou Corpo Causal (Supra Mental), Búdico (intuição) e Atímico (essência divina ou mônada).
O Corpo está animado pela Alma, e o Espirito é o senhor que está presente e a tudo rege, mas é independente, porque é eterno e imutável; é o aspecto unitário, principio e fim, a fonte geradora que impulsiona à vida.
Portanto, a Alma (físico, vital, astral, e mental concreto) é mutável e, a cada nova encarnação ela recebe uma nova programação, criando uma nova matrix para esse novo período encartatório, dando continuidade ao nosso processo de evolução espiritual.

O prefixo META significa ”além de”. A metafisica vai na causa das nossas situações (saúde, profissional, dinheiro, perdas, relacionamentos, emocional, espiritual, etc..).

Trabalha também o nosso interior porque, nós é que atraímos e somos responsáveis por tudo o que acontece conosco, de bom ou de ruim. Portanto, responsabilidade nada mais é do que a habilidade que temos para responder às situações, é a maneira como lidamos com nossas habilidades, é a habilidade natural de criar soluções e respostas.
Estuda o comportamento desde criança e de outras vidas que hoje originou nossas dificuldades ou sucessos. O poder da mente gera a fé positiva ou negativa, essa fé pode curar ou matar; pode gerar o sucesso ou insucesso.
Por isso não se preocupar com o que possa vir a acontecer e sim, se ocupar com o que pode ser feito, como também, ser flexível, mas não submisso, para que dessa forma, possamos administrar os 10(dez) fatores mais constantes em nossa vida: medo, ofensa, ilusão, perdão, problemas, vaidade, motivação, poder de escolha, felicidade e saúde.

MEDO: é a grande causa negativa de tudo, é o grande inimigo obsessor, basicamente são sete: Abandono, Perda, Falar Em Público, Doença, Enfrentar, Não Ser Aceito e Morte. Medo são pensamentos, que gera ansiedade por fatos que ainda não ocorreram, por isso, podem ser mudados e abandonados. É a falta de Autogestão (autoconhecimento + auto aceitação + autorrespeito + autodisciplina). Ele é paralisante e, além disso, acaba atraindo o que a pessoa mais teme.

OFENÇA: vem de FENDA (brecha, rachadura). A pessoa que se ofende , automaticamente se magoa, abrindo uma fenda energética e emocional permitindo uma invasão alheia no seu campo áurico. Se a pessoa tem obsessores a seu redor, também abre uma fenda no plano astral, sofrendo uma invasão deles. A pessoa permite que os outros abalem sua autoconfiança, resultando nessa invasão espiritual e energética de uma carga negativa, principalmente se está em um processo de autoculpa, baixando o seu padrão vibratório e o sistema de autodefesa, consequentemente contraindo também doenças. Com o seu ponto emocional em desequilíbrio, baixa a sua guarda e as pessoas, assédios e ataques conseguem atingir.

ILUSÃO: é uma criação mental, sempre no futuro e fora da realidade, com pessoas e situações, com a pretensão de ser tratado e que as coisas aconteçam do jeito que a pessoa quer e gostaria que acontecesse. Um grande exemplo disso, é dos relacionamentos hipócritas em que com o tempo as mascaras caem porque, não se consegue segurar uma mentira por muito tempo e, a pessoa acaba percebendo as verdadeiras intenções alheias. Pare de esperar que os outros lhe deem aquilo que você não se dá e, tenha a percepção de sentir com a mente e pensar com o coração.

PERDÃO: vem de perda, que é um espaço vazio que se abre para o novo chegar. Portanto, perdão é um ato de inteligência, o perdoar significa se libertar, virar a página e seguir a nossa vida. A partir do momento que (se) perdoa você libera a pessoa e a situação.

PROBLEMAS: encará-los como uma situação inédita, uma questão levantada para avaliação, discussão e decisão. O sentido deles é para ficarmos mais fortes e acima. Ele existe para ganharmos conhecimento, experiência e sabedoria e não perder. O seu tamanho é a consequência da dimensão que damos a ele.
Se o problema tem solução, não devemos nos preocupar porque, tem solução.
Se o problema não tem solução, não devemos nos preocupar porque, não tem solução.
O maior problema é, quando ele passa e a pessoa fica estressada, aniquilada, deprimida, doente e não aprendeu nada.

VAIDADE: não aquela em que a pessoa cuida da aparência e da forma física, mas, a que sustenta uma falsa imagem para a sociedade com o intuito de trazer falsas ou ilusórias vantagens, mostrando uma coisa que não é , e não faz, alimentando mentiras, tornando-se o grande entrave e bloqueio na vida da pessoa.

MOTIVAÇÃO: devemos estar sempre motivados porque, motivação é o motivo na ação; impulsiona-nos para tudo; tanto para coisas certas ou erradas. Qual o nosso valor? É o quanto estamos motivados. A motivação gera persistência, a opinião dos outros não interessa. O grande segredo é não esperar ser motivado pelos outros ou fatores externos e não ser reativo e sim, se auto motivar e ser proativo, ou seja, agir antes e não esperar acontecer.

PODER DE ESCOLHA: devemos exercer o nosso poder de escolha e o importante é o quanto cada um acredita que tem. Não há vitimas, nem injustiçados e sim, o que cada um faz com o seu poder de escolha. Há três coisas fatais em nossa vida: 1ª vamos viver para sempre porque, a essência é eterna; 2ª vamos sempre escolher porque, o poder de decisão não para de fluir; 3ª toda vez que fizermos uma escolha, sempre vamos escolher o melhor, de acordo com o nosso nível de conhecimento e evolução.
Não são as nossas habilidades que mostra quem somos e sim, as nossas escolhas.

FELICIDADE: é o estado de espirito, só acontece no Presente, não está no Passado ou no Futuro. É ser feliz do jeito que você é e com as coisas e virtudes que você tem. Não a busque fora, ela está dentro de você.
Os sete passos para ter uma vida feliz:
1º entender o mundo e o que quer se mudar.
2º sair da zona de conforto.
3º se alavancar.
4º analisar e redefinir os problemas (se não tem solução é preocupação).
5º criar alternativas.
6º definir o propósito de vida.
7º relacionar a mudança a esse novo propósito de vida.

Todos esses fatores acima bem administrados e equilibrados, é que irão gerar a SAÚDE (física, energética, emocional, mental e espiritual).
O nosso estado interno é a projeção de nosso mundo externo, portanto, fortalecer o interno para gerar mudanças no externo para definir a nossa vida. São seis as necessidades humanas fundamentais:

CERTEZA: em relação à vida, a nossa segurança e a nossa capacidade da manutenção da vida em relação à sobrevivência.

INCERTEZA: não é contraditório porque ela gera variedade, surpresa. Não estava esperando; nada te aconteceu, desafios, novidades.

SIGNIFICÂNCIA: sentir-se útil, único, reconhecimento, coisas diferentes na nossa vida, fazer coisas significativas.

CONEXÃO E AMOR: querer amor e ser amado, nos conectar no trabalho e em outros locais e com as pessoas em volta.

CRESCIMENTO: crescer, evoluir, aprender, mudar, expandir.

CONTRIBUIÇÃO: dar, se doar, ajudar, servir não de qualquer forma e não esperando algo em troca.
                                       

METAFÍSICA DA SAÚDE

Ela não atua no sintoma e sim, na causa e no efeito.
As causas estão em nossos corpos energético, astral e mental, que é a nossa para-anatomia que está intimamente ligada ao nosso corpo físico.
A causa da doença já existe no banco de dados dessa anatomia (DNA-Hereditariedade) e, para somatizar (instalar) no corpo físico precisa de dois fatores: PRÉ-DISPOSIÇÃO e o FATOR DESENCADEANTE. Se não houver esses dois fatores a doença fica bloqueada nessa para-anatomia e em determinado Chakra.
As emoções e sentimentos, as dificuldades e os conflitos, são as chaves para desencadear as doenças, atuando nesses dois fatores.
São nossas escolhas que alteram os gens, movimentando os hormônios tanto para o positivo (saúde), como para o negativo (doença).
Portanto, os bons pensamentos, sentimentos e emoções; a firmeza de propósito e a persistência na concretização de nossos ideais, são aspectos metafísicos importantes para o bom funcionamento dos Chakras e das Glândulas Endócrinas.


Glândulas Endócrinas

São órgãos de secreção ou excreção, especializados na elaboração de hormônios, os quais, cheios de forças sutis, são conduzidos aos diversos órgãos através da corrente sanguínea, ligando as energias mais sutis às mais grosseiras. Atua no controle da vibração de todo o organismo intimamente ligado aos sete centros de força ou chakras existentes no corpo astral (para- chakras) e no corpo vital ou duplo etérico e ao sistema nervoso central. Portanto, todas as energias vêm de um plano sutil para um mais grosseiro até se fixarem nas glândulas.
É assim que se manifestam as doenças, disfunções ou desequilíbrios orgânicos, tendo a sua origem no Corpo Mental, passando para o Corpo Astral ou Emocional, depois para o Corpo Vital e somatizando ou instalando no Corpo Físico. Portanto, um pequeno desequilíbrio em uma glândula pode acarretar um profundo desequilíbrio físico e psíquico.

São sete as principais glândulas (sagradas):
- Pineal ou Epífise (ligada ao chakra da coroa ou coronal ou coronário): mantém a vida espiritual, mental e psíquica.
- Pituitária ou Hipófise (ligada ao chakra frontal): é a glândula mestra. Elabora uma infinidade de hormônios para todas as glândulas exceto a Pineal.
- Tireoide e Paratireoide (ligada ao chakra laríngeo): regula o metabolismo em geral, acumulando todo o iodo do organismo. O seu desequilíbrio pode acarretar o hipotireoidismo ou hipertireoidismo. Paratireoide: assimilação do cálcio e do fosforo, por isso a sua insuficiência é acompanhada de espasmos neuromusculares, hiper-excitabilidade nervosa e até alucinações.
- Timo (ligado ao chakra cardíaco): segrega um hormônio (timocrescina ou anandona) quase etérico fosforescente e luminoso capaz de levar ao estado de pureza e inocência, como também atua no sistema imunológico.
- Suprarrenais (ligadas ao chakra umbilical): conhecidas como glândulas de emergência, elaboram a cortisona e a adrenalina.
- Pâncreas (ligadas ao chakra esplênico): elabora o suco pancreático (processo digestivo) e hormônios como a insulina (metabolismo dos açúcares, quando sua produção é baixa provoca o diabetes) e o lipocaico ( indispensável ao metabolismo das gorduras).
- Gônadas ou Sexuais (testículos e ovários- ligadas ao chakra básico): fabricam gametas e testosterona e elaboram a lutina e a foliculina. É a energia de fecundação e geração.       



CHAKRAS

OU PADMA, do sânscrito: roda, disco, disco solar de Sûrya, a Roda do Zodíaco, Roda de Fogo em Movimento ou Flores de Lótus.
Estão localizados no Corpo Vital ou Duplo Etérico e, seu duplo sutil correspondente situado no corpo astral ou emocional que são os Para-Chakras.
São os verdadeiros centros etéricos de forças no ser humano, distribuidores de energias vitais para as glândulas e os órgãos responsáveis pelo funcionamento do corpo físico e mantendo-o vivo. Seu movimento é circular como verdadeiros vórtices de energias, no sentido horário (positivo) ou anti- horário (negativo). Servem de ponte entre as emoções ou pensamentos, transmitido pelo corpo astral ao físico.
Os sete Chakras nada mais são do que a representação dos sete Estados de Consciência.

São sete os principais chakras, porém existem outros secundários também conhecidos como meridianos, em relação a eles, os quais são trabalhados pelas técnicas da Acupuntura, Do-in, Shiatsu e Reflexologia.
Os chakras principais podem ser trabalhados, equilibrados e harmonizados por diversas técnicas, entre elas:
- Passes energéticos (espirita, umbanda, candomblé)
- Cura Prânica
- Johei
- Reiki
- Bio-toque
- Litoterapia (cristais)
- Cromoterapia
- Pranayama (técnicas de respiração)
- Yogas (dos chakras, 5 elementos, hatha, karma, jnana)
- Exercícios bioenergéticos de visualização criativa
- Tai-Chi-Chuan.

O seu desequilíbrio pode ser detectado através da Radiestesia (Pêndulo, Auramiter e Dual Rod), Foto Kirlian, Iridologia, Terapia especializada e sensitiva através de uma anamnese com a captação vibracional através das palmas das mãos, dentre outras.

O seu vigor, equilíbrio e harmonização gera a saúde espiritual, mental, emocional, energética e física, bem como, a mediunidade sadia.

OS sete Chakras principais com localização na região correspondente no corpo físico, são:

- Coronário ou Coronal ou da Coroa (Sahasrâra): localizado no alto da cabeça, nos conectando ao espiritual e simbolizando o equilíbrio entre mente e emoção.
Possui 972 pétalas ou raios, sendo 960 de cor púrpura com raios dourados e 12 pétalas em seu centro de cor amarelo-dourado.
- Ligado: ao Corpo Espiritual ou Átmico e, às altas esferas do mundo espiritual e seus elevados mentores.
- Mediunidade: É a origem que nos conecta com a espiritualidade. Captação de comunicações intuitivas e telepáticas por ondas mentais canalizadas e transmitidas através da psicofonia e psicografia consciente (sem incorporação). Pode gerar tanto sensações elevadas, suáveis e saudáveis, como também, bloqueios energéticos. Recebe irradiações da linha vibratória de Oxalá.
- Signos correspondentes: Capricórnio e Aquário
- Frontal (Ãjñâ): localizado na fronte, entre as sobrancelhas, corresponde ao terceiro olho ou terceira visão dos Hindús (olho de shiva) e ao Uréus dos Faraós do Egito. Centro gerador de ideias e energia aos órgãos da visão.
Possui 96 pétalas ou raios, divididas em dois lados, sendo 48 de cor rosa do lado direito e 48 de cor violeta do lado esquerdo.
- Ligado: ao Corpo Búdico ou Intuitivo.
- Mediunidade: Clariaudiência e Clarividência com o auxilio de mentores; emissão e irradiação de raios dirigidos às pessoas para equilíbrio e harmonização; captação/canalização de mensagens em conjunto com o chakra coronário. Capta pensamentos negativos dos outros.
  Recebe irradiações da linha vibratória de Yemanjá.  
- Signos correspondentes: Touro e Libra.

- Laríngeo (Vishuddha): localizado sobre a laringe, na região do pomo de Adão dos homens. Energiza os órgãos da garganta, da audição e responsável pela emissão da voz.
Possuem 16 pétalas ou raios, sua cor é o azul-elétrico e pontilhado de reflexos prateados e brilhantes.
- Ligado: ao Corpo Mental Superior ou Mental Abstrato ou Causal.
- Mediunidade: Psicofonia falada ou cantada e Xenoglossia (falar em outro idioma sem o conhecimento do médium), ambas com incorporação de protetores, guias e mentores.
  Recebe irradiações da linha de Yorí.
- Signos correspondentes: Sagitário e Peixes.

- Cardíaco (Anâhata): localizado na região precordial, correspondente ao coração. Transmite a energia reguladora e mantenedora do ritmo do coração; impregna os pulmões e tonificando o sangue, que leva a todas as partes do sangue que agem em cada célula do organismo.
Possui 12 pétalas ou raios, sendo sua cor de ouro brilhante. Com o seu desenvolvimento, surgem mais duas pétalas, uma verde e outra vermelha, existentes nos Iniciados e Adeptos.
- Ligado: ao Corpo Mental Inferior ou Mental Concreto.
- Mediunidade: efeitos físicos, passes energéticos, linha da saúde/cura. Protetores, guias e mentores.
  Recebe irradiações da linha vibratória de Xangô.
 - Signos correspondentes: Gêmeos e Virgem.

- Umbilical (Manipûra): localizado no umbigo, é o centro de força de ligação entre as consciências física e psíquica. Distribui corrente vital, para o fígado, rins, intestinos e todo o sistema digestivo.
Possui 10 pétalas ou raios, sua cor predominante é a púrpura que é a combinação de 5 pétalas vermelhas e 5 pétalas verdes alternadamente.
- Ligado: ao Corpo Astral ou Emocional ou Perispírito.
- Mediunidade: Obsessores e Sofredores. Protetores, guias e mentores.
  Recebe irradiações da linha vibratória de Ogum.
- Signos correspondentes: Áries e Escorpião.

- Esplênico (Svâdhichthana): localizado na região do baço, um pouco abaixo e à esquerda do umbigo. Distribui energia vital (Prana) para todos os chakras, é o regulador das funções biológicas e vitalização do organismo.
Possui 6 pétalas ou raios, tem diversas cores e em cada pétala predomina a cor de uma das modalidades da energia vital, nas cores vermelha, alaranjada, amarela, verde, azul e violácea, e no centro predomina a cor rosa.
- Ligado: ao Corpo Duplo Etérico ou Vital
- Mediunidade: Vampirização de energias. Protetores, guias e mentores.
  Recebe irradiações da linha vibratória  de Oxóssi.
- Signo correspondente: Câncer

- Básico ou Raiz ou Fundamental ou Genésico ou Sexual (Mûladhâra): nessa região se encontra a Força Sagrada, a Força Ígnea, o Fogo Serpentino chamado de Kundalini. Localizado na região da base da espinha dorsal, sobre o cóccix ou região Sacra. Fornece aos órgãos genitais a energia sexual, e ao sangue o calor corporal. Essa força, que revigora o sexo, pode ser transformada em vigor mental, alimentando outros centros de força.
Possui 4 pétalas ou raios, sendo 2 verticais na cor alaranjada e 2 horizontais na cor alaranjado escuro meio avermelhado.
- Ligado: ao Corpo Físico
- Mediunidade: Obsessões sexuais e possessões. Protetores, guias e mentores.
  Recebe irradiações da linha vibratória de Yorimá.
- Signo correspondente: Leão.

 OBS.: As cores mencionadas, dos chakras, são as originais e predominantes, quando os mesmos, atuam vigorosamente, perfeitamente ativados e equilibrados.        

     
Relaciono a seguir outros 6 chakras não muito conhecidos ou divulgados:
- Vibhuti: é o 8º chakra principal possuindo 8 pétalas ou raios. Localizado um pouco acima da ”boca do estômago”. É a síntese dos 7 chakras principais, nele está a nossa “caixa preta” onde fica o nosso banco de dados conhecido como registro AKÁSHICO (outras vidas).
- Lalna: localizado no topo da testa.  Em conjunto com o chakra frontal possibilita a clarividência e a clariaudiência.
- Umeral: localizado nas costas do lado esquerdo na altura do ombro. Comanda os movimentos dos braços, antebraços, mãos e dedos. Na mediunidade atua através da psicografia, psicopictografia e procedimentos cirúrgicos espirituais, em conjunto com o Chakra Cardíaco, através da incorporação.
- Nucal: localizado na nuca. É o chakra da mediunidade. Nele também se percebe e detecta a energia e presença extrafísica negativa manifestando dor na nuca e na cabeça.
Correspondente ao chakra Laringeo.
- Palmar: localizado nas palmas das mãos. Doa e recebe energias.
- Plantar: localizado nas solas dos pés. Recebe energias positivas e descarrega energias negativas.
CONSTITUIÇÃO SETENÁRIA-NOSSOS SETE CORPOS

Como mencionado anteriormente, a nossa constituição é setenária, ou seja, somos constituídos por sete corpos. No momento destacarei somente os quatro corpos que constituem o corpo desdobrado (físico e vital), e os componentes da Alma (astral e mental):
- FÍSICO: os átomos formam as moléculas e estas as células. As células constituem as glândulas e os órgãos e estes formam os aparelhos e sistemas, e tudo isso vem a constituir o corpo humano que é animado pela Alma. Tem como função principal a manifestação das reações emocionais e da vontade mental no mundo físico; é o suporte da vida, da consciência, portanto, o sustentáculo da evolução.

- VITAL ou DUPLO ETÉRICO: começa agora a ser admitido pela ciência. Sua existência foi comprovada por meio das fotos Kirlian. Ele é constituído de matéria etérica e não pode ser submetido à investigação cientifica tradicional, por não existir ainda aparelhos ou instrumentos apropriados que atendam às especulações de caráter cientifico.
Embora sejam interpenetrados, os veículos físico e vital são independentes. Quando ocorre o fenômeno da morte, o veiculo vital transforma-se numa névoa, em forma de pião, que paira verticalmente sobre o cadáver.
Ele é o elo do corpo físico com o corpo astral e tem a função de absorver o prâna (energia vital), transformá-lo e envia-lo aos centros de força (chakras) e daí para os órgãos físicos e estando intimamente ligado à respiração. Quando o corpo físico se mostra cansado, sem forças e vitalidade, é porque algo de anormal ocorre no corpo vital.

- EMOCIONAL ou ASTRAL ou PERISPÍRITO: é formado de matéria astral ou cósmica. Quando em nosso corpo físico se dá uma lesão, imediatamente sentimos a sensação de dor. Mas sentimos a dor, não na parte física lesada, mas no veículo emocional ligado a parte lesada. Portanto, a lesão se da no corpo físico e a dor no veiculo emocional, a dor é anímica, pois o corpo astral compõe a Alma, como também, as pessoas emotivas sentem um descontrole no coração, porque a sensação, refletindo-se do emocional ao vital, vai atuar no centro de força cardíaco e daí se irradia ao coração, órgão físico.
Todas as doenças também tem origem nesse corpo porque, a origem é sempre de fundo emocional, acontecendo assim a psicosomatização e a mediunisomatização.
É através desse corpo que fazemos a viagem astral ou desdobramento da consciência ou projeção astral. É com esse corpo que continuamos a viver após a morte física no plano astral, no período entre vidas ou intermissivo. Também é através desse corpo que se dá os processos mediúnicos com ou sem incorporação e as faculdades paranormais.

- MENTAL CONCRETO: se acha ligado intimamente ao emocional e ao físico, nele estão vinculadas as noções de espaço e tempo relativos. Outra característica é a associação, meio pelo qual ligamos um pensamento ao outro, a associação de uma ideia com outra pela analogia ou por sua oposição. Outra característica é a comparação para finalmente ter alguma conclusão. Todo esse processo é chamado de raciocínio.
É a sede do pensamento. Com esse veículo devemos pensar, raciocinar, duvidar, questionar, indagar, etc.. O ato de duvidar ou questionar é muito importante, porque força o raciocínio e leva ao pensamento lógico. É preciso questionar e pesquisar para que aja evolução.
Vem daí a semelhança entre o fanático e o cético: o fanático é aquele que não evolui porque não duvida, aceitando tudo como verdade, sem passar pelo crivo da razão; o cético é aquele que também não evolui porque não pesquisa, não liga, não procura; só duvida, não acredita. Dos dois, o pior é o fanático.
O mental concreto não tem uma forma definida, como se apresentam os corpos emocional e vital que são correspondentes ao físico, sendo a sua forma ovóide. A matéria que o constitui é mental ou aura mental, desta forma o ovo áurico ou simplesmente o aura, contem matéria astral e mental.
É esse corpo que projeta e modela o corpo astral, que modela o vital que por sua vez constitui o corpo físico, e seguindo essa mesma ordem, é nele que começam as disfunções e desequilíbrios da pessoa, vindo a refletir e manifestar-se no corpo físico através de doenças físicas, emocionais e mentais.

Relaciono a seguir algumas formas de tratamentos medicamentosos, vibracionais, energéticos e de irradiação:
- Alopatia (atua no corpo físico)
- Homeopatia (atua no corpo vital e físico)
- Ortomolecular (atua no corpo físico através da correção e equilíbrio dos minerais e vitaminas)
- Fitoterapia (atua no corpo vital e físico através do princípio ativo das plantas e raízes)
- Florais (atua no energético, emocional e mental). Atuam através de processos de ressonância vibracional, harmonizando os mecanismos emocionais e energéticos, reequilibrando os sentimentos, emoções e sensações.
- Acupuntura
- Do-in
- Shiatsu
- Reiki
- Cromoterapia
- litoterapia (cristais)
- Aromaterapia
- Iridologia (Iris dos olhos)




PERTURBAÇÕES PSICO-FÍSICAS OU PSICOSSOMÁTICAS

Relaciono a seguir, as causas metafísicas prováveis originadas das condutas e padrões de pensamento, causando alguns desses desequilíbrios que afetam diretamente nossos órgãos e ou, o seu mau funcionamento causam esses desequilíbrios.
Esclarecendo que os aspectos metafísicos dão uma consciência do estado da pessoa, para que ela possa reverter esse processo, criando uma condição saudável.
Com a para-psicossomatização (doença) já instalada, o processo de reversão deverá sempre ser através de um trabalho com abordagem holística e multidisciplinar, envolvendo tratamentos: médico com o necessário suporte medicamentoso (uma vez que na doença é difícil tratar o emocional, porque a dor não deixa), terapêutico vibracional e energético, psicoterapêutico transpessoal, orientação metafísica, e em alguns casos agregando também o tratamento espiritual.
Esclarecendo que nós é que construímos as nossas doenças, bem como, os insucessos profissionais, sociais e afetivos.  

- Pulmões: tristeza, depressão.
- Rins / Bexiga: medos, síndrome do pânico, preso ao passado, apego, criticar.
- Coração: preocupação, ansiedade, euforia, agitação.
- Fígado: TPM, raiva.
- Pâncreas: amargura (diabetes), depressão, preocupação.
- Estomago: revolta, engolir as situações, depressão.    
- Próstata: culpa e pressão sexual, não saber envelhecer, desistência de tudo, perda do poder e da criatividade, sem direção, desempregado.
- Seios: traição, viuvez, abandono, perda do controle.
-Útero / Ovários: sem direção, desempregada, perda do poder e da criatividade.
- Garganta/Faringe/Laringe: engolir situações, sem força de expressão, não fala o que pensa.
- Intestino Grosso: tristeza.
- Intestino Delgado: criticar.
- Vesícula Biliar: raiva
- Supra Renais: sustos
- Coluna Vertebral: falta de auto respeito, auto apoio  e dignidade; não aceita a realidade, sem confiança, ansiedade, dependência, fazer pelos outros;
- Baço: depressão.
- Joelhos: orgulho, consciência do caminhar, flexibilidade:
- Câncer (todos os tipos): mágoa. Ele é de origem mais fluídica do que física.
- Problemas Menstruais: rejeição da feminilidade, dificuldade para lidar com as mudanças, apego a situações ou pessoas que marcaram na sua vida.
- Frigidez: medo, negação do prazer, crer que o sexo é ruim, parceiros insensíveis.
- Impotência: pressão sexual, tensão, culpa, crenças sociais, raiva de ex- parceira, medo da mãe.
- Prisão de Ventre: preso ao passado, apego.
- Alteração da temperatura do Corpo: desencanto.
- Obesidade: sentir-se inadequada, sonhadora, fantasias, fora da realidade, imaturidade, carência, ansiedade, apego, ciúmes.
- Pressão Alta: fuga, problemas, sobrecargas.
- Pressão Baixa: fuga, derrotismo, frustração, influenciável, vítima.
- Insônia: preocupações excessivas, incertezas, medos, falta de confiança, dificuldades de enfrentar problemas.
- Enxaqueca: insatisfação por estarem sendo conduzidos. Resistência ao fluxo da vida, medos sexuais.
- Cistite: irritação com o parceiro, intrigas no lar, traumas sexuais, culpa pelas atitudes de pessoa querida.
- Rinite: confusões no ambiente (lar, trabalho), não se permite errar, "querer ser o certinho".
- Sinusite: irritação com alguem próximo, decepção pela ilusão.
- Gripe: confusão interior,  despreparo para mudanças, não confia no novo.
- T.O.C. (transtorno obsessivo compulsivo) comportamentos repetitivos, presença de rituais nos afazeres diários, compulsões, evitando locais ou tocar em algo, tudo isso pela falta de confiança em si. 
- Síndrome do Pânico: desencadeando taquicardia, tonturas, mal estar, enjoos. Também é devido à timidez, não consegue (ou não quer) uma relação aberta, se abrir com medo de se expor, ser julgado, criticado, cobrado e solicitado para alguma coisa. Falta de troca afetiva, uma vez que ninguém vive sem ela. Em torno de 70% dos casos são de origem espiritual (obsessivo ou mediúnico).
- Depressão: é o estresse causado pela frustação, raiva e o medo.



SIGNOS E SUAS REGÊNCIAS NO CORPO FÍSICO
Os signos exercem influências nas pessoas, em diversos aspectos da vida no seu dia - a – dia. Trataremos aqui o aspecto em relação à sua regência na saúde, causando os desequilíbrios e ou fortalecimento em função dos padrões vibratórios, emocionais e de pensamento, bem como, os chakras e as glândulas em maior sintonia com esses signos.

ÁRIES
 -Saúde: cabeça, olhos, cérebro. Dores de cabeça, devido não controlar a impulsividade, passando o excesso de energia para a cabeça, provocando também estados febris, podendo aumentar a angústia, ter cansaço e esgotamento.
-Chakra: Umbilical
-Glândula: Supra – Renais

TOURO
- Saúde: garganta, amidalas, pescoço, voz, nuca, orelhas. Vulneráveis a resfriados e calafrios, nervosismo e preocupações (pressão arterial), problemas digestivos (evitar excesso de álcool, gorduras e temperos), dores de cabeça, depressão, disfunções da tireoide.
- Chakra: Frontal
- Glândula: Hipófise.

GÊMEOS
- Saúde: pulmões, ombros, braços, nervos. Resfriados podem virar bronquite, mudanças de temperatura podem afetar o sistema respiratório, nervos a flor da pele. Modificar hábitos nocivos e antigos para não haver evolução de processos crônicos. Acalmar-se e menos agitação, pele (alergias). Sua vitalidade mental assegura bem estar geral.
- Chakra: cardíaco
- Glândula: Timo

CÂNCER
- Saúde: estômago, esôfago, seios, glândula mamária, peito, pulmões, fígado, bílis. O sistema digestivo é o ponto fraco devido às emoções. Propenso a crises, tendo sintoma de cansaço físico e mental provocando crises emocionais, levando a depressão. Aborrecem-se e se preocupam muito ficando sujeito a indigestões e ulceras ou indisposições intestinais.
- Chakra: Esplênico
- Glândula: Pâncreas

LEÃO
- Saúde: coração, circulação do sangue, aorta, costas, coluna, dorso. O excesso de trabalho poderá causar cansaço mental. Hábitos disciplinados, boa forma física. Problemas de coluna devido ao acúmulo de tensões provocado pelo emocional. Administrar as obrigações, relaxar mais, mudar hábitos nocivos (comer muito e sem horário, muito tempero, excesso de álcool). Mais moderação na meia idade para evitar ataques cardíacos.
- Chakra: Básico
- Glândula: Gônadas (testículos e ovários)

VIRGEM
-Saúde: sistema nervoso, intestinos, estômago, baço, pâncreas. Apresentam indisposições estomacais e intestinais. Tendem a ser nervosos. Desequilíbrios psicossomáticos (tensão e estresse), doenças imaginárias.
- Chakra: Cardíaco
- Glândula: Timo

LIBRA
- Saúde: quadril, rins, bexiga. Qualquer alteração no seu modo de vida resulta em sérios distúrbios renais, falta de folego e problemas alérgicos (alimentação, bebidas). Indisposição de origem ovariana com desequilíbrio do ciclo menstrual.
- Chakra: Frontal
- Glândula: Hipófise


ESCORPIÃO
- Saúde: órgãos sexuais. Qualquer repressão dessa energia sexual pode provocar atitudes desagradáveis, em casos extremos podem ser cruéis e violentos. Evitar tensão, cuidado com automedicação (tranquilizantes ou laxantes)
- Chakra: Umbilical
- Glândula: Supra Renais

SAGITÁRIO
- Saúde: fígado, vesícula, quadris, nervo ciático e coxas. Ativos por natureza ficam apáticos caso não tenham uma grande atividade física e mental aumentando de peso, essa gordura acumula-se nos quadris e coxas, principalmente nas mulheres.
- Chakra: Laríngeo
- Glândula: Tireoide

CAPRÍCORNIO
- Saúde: joelhos, juntas, articulações, ossos, dentes e pele. São comuns os problemas ortopédicos e dentários, bem como o reumatismo. Organismo muito resistente, quanto maior atividade menos doenças, o trabalho fortalece. O ponto mais frágil é a estrutura óssea, sendo comuns fraturas, dores no pescoço e nas costas. Cuidados especiais com os dentes (nevralgias e abcessos). Pequeno apetite, a saúde depende do bem estar emocional (mais otimismo). Ar abatido, cansado, cuidar da aparência.
- Chakra: Coronário
- Glândula: Pineal

ÁQUARIO
- Saúde: circulações, veias, tíbia e tornozelo. Sofrem de varizes e esclerosamento das artérias. O frio lhes é especialmente penoso. Fraturas são comuns, na tíbia e tornozelo. Energia e disposição física quase sempre, problemáticas. Tendência à má circulação. O sistema digestivo é o ponto frágil. Indisposições e tonturas devido às vibrações astrais.  
- Chakra: Coronário
- Glândula: Pineal

PEIXES
- Saúde: pés. Quando afetados, seu bem estar geral ressente. Muitas vezes reagem desfavoravelmente aos medicamentos, devendo sempre ser administrados com cuidados, mesmo o remédio mais simples. Natureza frágil sujeita a esgotamento físico ou nervoso podendo causar algum tipo de inflamação, sintomas consequentes de efeitos astrais devido a desgaste emocional de origem psicológica. Temperamento melancólico, jeito quieto e calado, podendo causar anemia e perda de vitalidade.
- Chakra: Laríngeo
- Glândula: Tireoide







 
 
Fonte:  http://euclides-consultorholistico.blogspot.com.br/EucidesDaCostaRatoFilho