RÁDIO SAGRADA UMBANDA - OUÇA - USE OS CONTROLES PARA O VOLUME OU PAUSAR AS MÚSICAS

domingo

REEQUILÍBRIO E EXERCÍCIOS DE VIDÊNCIA DA AURA

"AVISO DE EXTREMA IMPORTÂNCIA:
CIRCULA EM POSTAGENS E ESCRITAS, UM EXERCÍCIO DE FAVORECIMENTO À CLARIVIDÊNCIA, DE APERTAR O GLOBO OCULAR, PARA TER VISÕES OU ALUCINAÇÕES. NÃO FAÇAM ISSO, EXTREMAMENTE SEM FUNDAMENTO E PODE CAUSAR DANOS TANTO A CRURVATURA DA RETINA, COMO OUTROS DANOS IRREPARÁVEIS AO SISTEMA OCULAR." Isaias. Piintto Hernnanndes - Sacerdote Sagrada Umbanda




REEQUILÍBRIO E EXERCÍCIOS DE VIDÊNCIA DA AURA

Exercitemos :


1. Eleve os pensamentos, sentimentos e aspirações ao Alto, a Olorum, Deus Supremo, Zambi .



2. Manifeste boa vontade e amor por todos os seres.



3. Usando a concentração, visualize uma tocha acesa em sua cabeça. A base da tocha está fixada em sua glândula pineal (Epífise)* 
Glândula endócrina situada no centro do crânio, bem abaixo dos dois hemisférios cerebrais. É a sede dos principais filamentos do cordão de prata e da raiz do chacra coronário. Está ligada à vários fenômenos parapsíquicos e sua ativação energética é essencial no despertar da consciência.  



Procure fazer um quadro mental onde visualize a tocha com sua abertura acesa está bem no centro do chacra coronário (chacra da coroa, lótus das 1000 pétalas). O fogo voce visualiza  com a coloração azul turquesa. Esse fogo é alto, mas suave. Permaneça assim por cerca de alguns minutos.



4. Visualize o fogo e procure alterar sua coloração para a cor violeta. Fique assim por uns minutos. Se a cor do fogo mudar sozinha, sem o concurso direto de sua vontade, pode deixar, pois o chacra coronário pode convertê-la em uma cor mais apropriada a seu caso no momento.



5. Se desejar firmar melhor sua concentração, pense em um mantra de real significado para você e que expresse algo bom. Sugestão: "EU SOU!" (em sânscrito: "SO HAM", significa uma auto-afirmação de que a divindade mora em seu coração); ou simplesmente o "OM"; ou a palavra "LUZ" ou "AMOR". 


O mantra deve ser repetido mentalmente com firmeza no centro do chacra frontal, bem como uma Oração de preferência porêm com total atenção nas palavras e na imagem da tocha.


6. A seguir, visualize uma bola de luz dourada no centro interno de seu peito. É como um Sol de ouro aceso no centro da caixa peitoral. 



7. Procure manter a concentração (firme, porém pacífica) nos dois pontos ao mesmo tempo. A tocha acesa no alto da cabeça e a bola dourada acesa no peito. Fique assim por cerca de uns três minutos.



8. Pense em coisas boas. Sinta que você é luz. 



9. Agradeça ao Supremo Amor as chances de crescimento.



10. Tenha confiança espiritual e lembre-se dos amparadores extrafísicos.



11. Essa prática dissolve bloqueios energéticos, aumenta o poder de concentração e preenche a pessoa de lucidez e aspirações positivas.



 

Nosso Ego faz parte de nossa existência e seu valor se faz quando dominado por nós, seja aqui ou qualquer lugar do Universo,  Por isso, faça alguma coisa e combata a inércia de sua consciência.




Parte de texto de Wagner D. Borge, fonte Net, Adpatação Ysaias Piinto 

VAMOS  EXERCITAR  A VIDÊNCIA DA

AURA?

 
      
                   Sente-se num local silencioso, onde não corra o risco de ser interrompido.

                   Acenda uma vela e apague todas as luzes. Fixe o olhar  na  chama  da  vela, sem piscar. Mesmo se seus olhos começarem a lacrimejar, não os feche. Esse exercício ajuda a sensibilizar os  olhos, de modo que eles  passem  a  perceber  imagens  e luzes sutis. 


                   Abra uma fresta da janela, de maneira que o aposento fique suavemente iluminado. Peque um livro encapado com papel crepom azul e coloque-o  à  sua  frente, sobre um pano bege ou cinza, a 50 centímetros de distância. Feche os olhos e relaxe.


                   Então abra os olhos e observe fixamente o livro. Concentre-se bem e  insista nesse exercício quantas vezes forem necessárias até conseguir ver a aura do livro
                   Junte ao livro azul mais dois livros – um encapado com papel crepom amarelo e outro com papel crepom vermelho. Observe-os até conseguir ver o campo  áurico dos três livros ao mesmo tempo. Você provavelmente notará que cada um deles apresenta uma aura própria e que as três auras se fundem numa forte luminosidade.
                   Faça o mesmo com  outros  objetos (crucifixos, panelas, estatuetas), juntos ou separados, para exercitar a clarividência.  Assim  que  conseguir  enxergar  a  aura  desses objetos, comece a lidar com seres vivos. Em primeiro lugar, utilize flores vivas (plantadas em vaso com terra).
                  Observe-as com a mesma concentração e atenção dispensadas aos objetos anteriores. Você notará que a aura da planta é muito mais forte e brilhante  que  a  dos objetos inanimados. Faça o mesmo exercício com vários  vasos de plantas,  de  espécies diferentes.
                  Coloque um vaso perto do outro e observe-os  com  o  máximo  de  atenção, até conseguir enxergaras auras de todas as plantas  ao  mesmo  tempo.  Observe  um animal ( gato, cachorro, coelho, passarinho) quando ele estiver em  repouso.  Procure observá-lo num lugar iluminado naturalmente, mas que não seja ao ar livre. 


                  Para  conseguir enxergar a aura de animais, você necessitará de muito mais concentração do que no caso dos objetos e das plantas.  Por  isso, tente relaxar bem, respire profundamente e olhe para o animal sem ansiedade mas com muita atenção.


                  Aos  poucos, você verá que, em torno dele, se forma uma aura mais ampla e brilhante que a dos vegetais. Observe sua própria aura.  Para  isso ,  ilumine  um  apo- -sento suavemente, com um abajur.  Sente-se  de  um  jeito  bem  confortável, com  as pernas esticadas e nuas. Concentre-se bem e observe suas pernas com atenção. 


                  Aos poucos , você notará que sua aura tem um brilho ainda mais intenso do que a aura do animal estudado anteriormente. Perceberá, também, que já um tom predominante e, além dele, existe uma infinidade de cores que  se fundem –   muito mais intensas do que as dos seres observados antes. 


                  Agora você já está preparado  para  ver  a  aura de  outra  pessoa.  Para isso, convide alguém, da sua confiança, que concorde em se deixar observar. Peça  para a pessoa que use  uma roupa sem mangas, para que você  comece a  observação  pela pele nua dos braços. Você notará uma espécie de fumaça se formando nessa região.


                  Aos poucos, a fumaça se expande e as cores aparecem, com brilho total.  


                  Observe- a assim durante um bom tempo. Depois procure enxergá-la de maneira mais ampla, até ver a aura do corpo inteiro da pessoa. Peça para  a  pessoa que está sendo observada, se acomodar numa posição bem confortável, sentada  ou deitada. Então solicite a ela que ouça, com  um  fone  de ouvido,  as  músicas  de  que  mais gosta. 


                  Concentre-se bem por meio de uma respiração  profunda  e  observe  a aura dela, especialmente na região  da cabeça  e  dos  ouvidos,  onde  as  variações  serão mais perceptíveis. Você notará que a satisfação  dela  em  ouvir  as  músicas  provoca ligeiras alterações na aura, que fica mais brilhante e harmoniosa.


                  Chegou a hora de você enxergar as auras ao ar livre. Convide seu colaborador pra passear um pouco à luz do dia. Então, procure se concentrar bem até conseguir enxergar o campo áurico que se forma em volta dele. Você notará  que  os  raios de sol se fundem com a luminosidade da aura.


                  Depois faça esse exercício com as casas, os carros, as plantas e os animais até detectar suas auras à luz  do  sol.  No  caso  das  plantas,  você  poderá  captar até mesmo as mudanças sutis que ocorrem durante o processo de fotossíntese.


Fontes: http://luzdecuraeamor.blogs.sapo.pt/467544.html - Citando como Fonte: http://cantodafada.sites.uol.com.br/visualize_aura/visualize_aura.htm


Aura

Você com certeza já deve ter conhecido alguém assim: basta chegar perto para se envolver numa maravilhosa onda de luz e paz. Sua energia é tão positiva e contagiante que poderia até ser tocada. Outras pessoas, ao contrário, provocam uma desagradável sensação de cansaço, como se roubassem nossa energia. Esta capacidade de apagar ou iluminar o ambiente reflete o poder da nossa aura. Uma pessoa altamente emotiva com um chakra do plexo solar desenvolvido e descontrolado, pode causar destruição. Por outro lado uma pessoa que use corretamente o centro do coração, leva a inspiração a centenas de pessoas, expandindo sua Aura e tornando seu campo energético mais amplo, mais forte, mais protegido e mais resistente aos ataques das energias telúricas e de energias negativas.

Ela foi estudada nos anos setenta pelo físico russo Samuel Kirlian, que inventou a kirliangrafia, que não é nada mais que a fotografia da nossa aura. Através dela pode-se detectar visualmente que todo ser humano representa um gerador de energia que produz um campo energético.


A aura é constituída por quatro campos, quatro camadas:


Existe uma correlação entre o estado geral de corpo-mente-alma de uma pessoa e seu corpo vibratório. Danos à alma, tensão e fraquezas físicas tornam-se perceptíveis, antes mesmo de se manifestarem em você, tais como depressões, fadigas e doenças. Quem passa por uma perda de um parente querido, por exemplo, terá chances de se recuperar mais rapidamente se seu campo energético estiver equilibrado. Uma das maneiras para
deixá-la em perfeito estado é tomar o banho de água com sal. Antes de tudo, devemos esclarecer a essência da aura. Todos os pensamentos e atos humanos pertencem ao bem e ao mal. A espessura da aura é proporcional à quantidade de pensamentos bons e maus.  Internamente, quando uma pessoa pratica o bem, sente uma satisfação na consciência. Esses pensamentos se convertem em luz, somando-se a luz do corpo espiritual. Quando, ao contrário, os pensamentos e atos sãos maus, estes se convertem em nuvens do corpo espiritual.


Externamente, quando se faz o bem aos outros, os pensamentos de gratidão das pessoas beneficiadas também se convertem em luz. Transmitidos através do fio espiritual para a pessoa que praticou o bem, aumentam a luz desta. Quando, ao contrário, a pessoa recebe transmissões de pensamentos de vingança, ódio, ciúme ou inveja, suas nuvens aumentam. Por isso, é preciso praticar o bem e proporcionar alegria aos outros, evitando provocar pensamentos de vingança, ódio ou ciúmes.

Para assegurar a boa luminosidade de sua aura todo cuidado é pouco. Ciúme, raiva, ódio ou inveja podem atuar negativamente sobre o equilíbrio dos campos energéticos. O primeiro passo é combater as situações de estresse com constantes exercícios de relaxamento, caminhar todos os dias pela manhã (se possível por vinte minutos), e viver situações que salientem o seu lado alegre.


A Aura e suas Cores

Ensinaremos uma técnica bem
simples para visualizar a aura de alguém. Use apenas sua intuição




Coloque-se na frente pessoa. Fixe seu olhar nos intercílios. Conte até 5. Feche os olhos por alguns segundos.

Depois, fixe sua atenção no alto da cabeça da pessoa que está na sua frente.
Conte até 5. Feche os olhos e pergunte mentalmente:
"Qual a cor da sua aura". A resposta virá instantaneamente.

Fonte:   http://luzdecuraeamor.blogs.sapo.pt/467544.html informando Fonte: http://www.misteriosantigos.com/aura.htm











Apresento algumas das qualidades principais das cores, as quais se referem à segunda camada da aura, que nos indica o estado de nossa alma: Clique na cor desejada.



Aura Indigo - O Enviado do Amanhã
O indivíduo de aura índigo tem um sistema bioquímico com necessidades e considerações diferentes daquele de outras cores da aura. A aceitação da parte dos pais desse sistema mais sensível é compensada regiamente.

Aura Dourado-Azulada: Ser Humano enquanto Ideal
A lição que ele precisa aprender é identificar e servir as necessidades de seu próprio ego também, além de satisfazer seus próprios anseios e desejos de forma a tornar a vida algo que valha a pena. Precisa entender que é aceitável dar algo a si mesmo enquanto serve aos outros.


Aura Dourada Esverdeada
O indivíduo de aura dourado-esverdeada conhece a si próprio como o centro físico do mundo tridimensional (terrestre) que o circunda. Seu corpo funciona como um sonar. Está sempre enviando sinais e absorvendo ecos, traduzindo mensagens fisicamente para poder processá-las em níveis mentais.


Aura Amarela  
Capacidade de dar e receber; ter esperanças; a saúde e a família desempenham um papel importante. Tem o dom de trabalhar em grupo harmoniosamente. O amarelo é uma das cores cinestésicas do espectro; isso significa que uma pessoa com aura desta cor tem uma reação física antes de ter uma resposta emocional ou intelectual. Quando ele entra numa sala cheia de gente, sabe de imediato se quer permanecer ou não.




Aura Azul
Capacidade de curar através das próprias energias mentais e espirituais; age sobre os outros de modo agradável e calmante; altos ideais de vida; sinceridade. O Azul personifica as características do cuidado e do carinho. É a cor da aura que mais se preocupa em ajudar os outros.



Aura Laranja
Destemidos, poderosos e descuidados com a própria segurança pessoal, brandem os punhos fechados contra o próprio Deus. Sua busca espiritual é, na verdade, uma busca de um sentido de vida além de si mesmo.





Aura Dourada
Adora saber como e por que uma determinada coisa funciona, e lança mão de uma paciência infinita. A espiritualidade, para a pessoa de aura dourada, é o estudo da ordem superior do universo e de leis e princípios que o governam. Ele quer entender a organização mental, as leis ou as probabilidades que geraram a ordem no interior do caos espiritual.




Aura Vermelha
Ênfase no modo de vida material; sucesso alcançado através da dedicação pessoal completa; saúde física estável; tendência à irritabilidade quando contrariada.





Aura Magenta
A chave para entender o indivíduo de aura magenta é entender sua relutância em corresponder às expectativas e em aceitar as normas estabelecidas pela sociedade. Este indivíduo procura expressar sua individualidade usando, com bom gosto e criatividade, os objetos e as matérias primas a sua disposição. Como vê a vida através de um filtro decor magenta, ele é o não-conformista do espectro.





Aura Prateada
Um curandeiro, médium natural. Utiliza energia para transformar luz em em raios que curam, seu maior desafio é aprender a se conhecer e descobrir seus dons especiais.




Aura Violeta - A Sabedoria da Ancestralidade

O violeta é a cor do espectro mais próxima do equilíbrio psíquico, emocional e espiritual em vigor no planeta neste momento. O indivíduo de aura violeta não só tem a oportunidade, mas também os recursos para dar significado à sua vida, contribuindo efetivamente para o futuro da coletividade.



Aura Verde - A mente Produtiva

Intelectualmente intenso e capaz de reduzir uma idéia ao essencial. esses são os atributos do analítico indivíduo de aura verde.

Ele costuma medir seu valor pela capacidade de ser produtivo, gerando incontáveis idéias e projetos, e por sua criatividade, que lhe permite chegar a soluções inovadoras e funcionais. É um indivíduo organizador, planejador e estrategista.



Fonte:  http://luzdecuraeamor.blogs.sapo.pt/467544.html informando fonte: http://www.sintoniasaintgermain.com.br