RÁDIO SAGRADA UMBANDA - OUÇA - USE OS CONTROLES PARA O VOLUME OU PAUSAR AS MÚSICAS

domingo

HISTÓRIA DA UMBANDA



No final de 1908, Zélio Fernandino de Moraes, um jovem rapaz com 17 anos de idade, que preparava-se para ingressar na carreira militar na Marinha, começou a sofrer estranhos "ataques". Sua família, conhecida e tradicion
al na cidade de Neves, estado do Rio de Janeiro, foi pega de surpresa pelos acontecimentos.

Esses "ataques" do rapaz, eram caracterizados por posturas de um velho, falando coisas sem sentido e desconexas, como se fosse outra pessoa que havia vivido em outra época. Muitas vezes assumia uma forma que parecia a de um felino lépido e desembaraçado que mostrava conhecer muitas coisas da natureza.

Após examiná-lo durante vários dias, o médico da família recomendou que seria melhor encaminhá-lo a um padre, pois o médico (que era tio do paciente), dizia que a loucura do rapaz não se enquadrava em nada que ele havia conhecido. Acreditava mais, era que o menino estava endemoniado.

Alguém da família sugeriu que "isso era coisa de espiritismo" e que era melhor levá-lo à Federação Espírita de Niterói, presidida na época por José de Souza. No dia 15 de novembro, o jovem Zélio foi convidado a participar da sessão, tomando um lugar à mesa.

Tomado por uma força estranha e alheia a sua vontade, e contrariando as normas que impediam o afastamento de qualquer dos componentes da mesa, Zélio levantou-se e disse: "Aqui está faltando uma flor". Saiu da sala indo ao jardim e voltando após com uma flor, que colocou no centro da mesa. Essa atitude causou um enorme tumulto entre os presentes. Restabelecidos os trabalhos, manifestaram-se nos médiuns kardecistas espíritos que se diziam pretos escravos e índios.

O diretor dos trabalhos achou tudo aquilo um absurdo e advertiu-os com aspereza, citando o "seu atraso espiritual" e convidando-os a se retirarem.

Após esse incidente, novamente uma força estranha tomou o jovem Zélio e através dele falou: _"Porque repelem a presença desses espíritos, se nem sequer se dignaram a ouvir suas mensagens. Será por causa de suas origens sociais e da cor ?"

Seguiu-se um diálogo acalorado, e os responsáveis pela sessão procuravam doutrinar e afastar o espírito desconhecido, que desenvolvia uma argumentação segura.

Um médium vidente perguntou: _"Por quê o irmão fala nestes termos, pretendendo que a direção aceite a manifestação de espíritos que, pelo grau de cultura que tiveram, quando encarnados, são claramente atrasados? Por quê fala deste modo, se estou vendo que me dirijo neste momento a um jesuíta e a sua veste branca reflete uma aura de luz? E qual o seu nome irmão?

_"Se querem um nome, que seja este: sou o Caboclo das Sete Encruzilhadas, porque para mim, não haverá caminhos fechados."

_"O que você vê em mim, são restos de uma existência anterior. Fui padre e o meu nome era Gabriel Malagrida. Acusado de bruxaria fui sacrificado na fogueira da Inquisição em Lisboa, no ano de 1761. Mas em minha última existência física, Deus concedeu-me o privilégio de nascer como caboclo brasileiro."

Anunciou também o tipo de missão que trazia do Astral:

_"Se julgam atrasados os espíritos de pretos e índios, devo dizer que amanhã (16 de novembro) estarei na casa de meu aparelho, às 20 horas, para dar início a um culto em que estes irmãos poderão dar suas mensagens e, assim, cumprir missão que o Plano Espiritual lhes confiou. Será uma religião que falará aos humildes, simbolizando a igualdade que deve existir entre todos os irmãos, encarnados e desencarnados.”

O vidente retrucou: _"Julga o irmão que alguém irá assistir a seu culto" ? perguntou com ironia. E o espírito já identificado disse:

_"Cada colina de Niterói atuará como porta-voz, anunciando o culto que amanhã iniciarei".

Para finalizar o caboclo completou:

_"Deus, em sua infinita Bondade, estabeleceu na morte, o grande nivelador universal, rico ou pobre, poderoso ou humilde, todos se tornariam iguais na morte, mas vocês, homens preconceituosos, não contentes em estabelecer diferenças entre os vivos, procuram levar essas mesmas diferenças até mesmo além da barreira da morte. Porque não podem nos visitar esses humildes trabalhadores do espaço, se apesar de não haverem sido pessoas socialmente importantes na Terra, também trazem importantes mensagens do além?"

No dia seguinte, na casa da família Moraes, na rua Floriano Peixoto, número 30, ao se aproximar a hora marcada, 20:00 h, lá já estavam reunidos os membros da Federação Espírita para comprovarem a veracidade do que fora declarado na véspera; estavam os parentes mais próximos, amigos, vizinhos e, do lado de fora, uma multidão de desconhecidos.

Às 20:00 h, manifestou-se o Caboclo das Sete Encruzilhadas. Declarou que naquele momento se iniciava um novo culto, em que os espíritos de velhos africanos que haviam servido como escravos e que, desencarnados, não encontravam campo de atuação nos remanescentes das seitas negras, já deturpadas e dirigidas em sua totalidade para os trabalhos de feitiçaria; e os índios nativos de nossa terra, poderiam trabalhar em benefício de seus irmãos encarnados, qualquer que fosse a cor, a raça, o credo e a condição social.

A prática da caridade, no sentido do amor fraterno, seria a característica principal deste culto, que teria por base o Evangelho de Jesus.

O Caboclo estabeleceu as normas em que se processaria o culto. Sessões, assim seriam chamados os períodos de trabalho espiritual, diárias, das 20:00 às 22:00 h; os participantes estariam uniformizados de branco e o atendimento seria gratuito. Deu, também, o nome do Movimento Religioso que se iniciava: UMBANDA – Manifestação do Espírito para a Caridade.

A Casa de trabalhos espirituais que ora se fundava, recebeu o nome de Nossa Senhora da Piedade, porque assim como Maria acolheu o filho nos braços, também seriam acolhidos como filhos todos os que necessitassem de ajuda ou de conforto.

Ditadas as bases do culto, após responder em latim e alemão às perguntas dos sacerdotes ali presentes, o Caboclo das Sete Encruzilhadas passou a parte prática dos trabalhos.

O caboclo foi atender um paralítico, fazendo este ficar curado. Passou a atender outras pessoas que haviam neste local, praticando suas curas.

Nesse mesmo dia incorporou um preto velho chamado Pai Antônio, aquele que, com fala mansa, foi confundido como loucura de seu aparelho e com palavras de muita sabedoria e humildade e com timidez aparente, recusava-se a sentar-se junto com os presentes à mesa dizendo as seguintes palavras:

"_ Nêgo num senta não meu sinhô, nêgo fica aqui mesmo. Isso é coisa de sinhô branco e nêgo deve arrespeitá."

Após insistência dos presentes fala:

"_Num carece preocupá não. Nêgo fica no toco que é lugá di nego."

Assim, continuou dizendo outras palavras representando a sua humildade. Uma pessoa na reunião pergunta se ele sentia falta de alguma coisa que tinha deixado na terra e ele responde:

"_Minha caximba. Nêgo qué o pito que deixou no toco. Manda mureque busca."

Tal afirmativa deixou os presentes perplexos, os quais estavam presenciando a solicitação do primeiro elemento de trabalho para esta religião. Foi Pai Antonio também a primeira entidade a solicitar uma guia, até hoje usadas pelos membros da Tenda e carinhosamente chamada de "Guia de Pai Antonio".

No dia seguinte, verdadeira romaria formou-se na rua Floriano Peixoto. Enfermos, cegos etc. vinham em busca de cura e ali a encontravam, em nome de Jesus. Médiuns, cuja manifestação mediúnica fora considerada loucura, deixaram os sanatórios e deram provas de suas qualidades excepcionais.

A partir daí, o Caboclo das Sete Encruzilhadas começou a trabalhar incessantemente para o esclarecimento, difusão e sedimentação da religião de Umbanda. Além de Pai Antônio, tinha como auxiliar o Caboclo orixá Malé, entidade com grande experiência no desmanche de trabalhos de baixa magia.

Em 1918, o Caboclo das Sete Encruzilhadas recebeu ordens do Astral Superior para fundar sete tendas para a propagação da Umbanda. As agremiações ganharam os seguintes nomes: Tenda Espírita Nossa Senhora da Guia; Tenda Espírita Nossa Senhora da Conceição; Tenda Espírita Santa Bárbara; Tenda Espírita São Pedro; Tenda Espírita Oxalá, Tenda Espírita São Jorge; e Tenda Espírita São Gerônimo. Enquanto Zélio estava encarnado, foram fundadas mais de 10.000 tendas a partir das mencionadas.

Embora não seguindo a carreira militar para a qual se preparava, pois sua missão mediúnica não o permitiu, Zélio Fernandino de Moraes nunca fez da religião sua profissão. Trabalhava para o sustento de sua família e diversas vezes contribuiu financeiramente para manter os templos que o Caboclo das Sete Encruzilhadas fundou, além das pessoas que se hospedavam em sua casa para os tratamentos espirituais, que segundo o que dizem parecia um albergue. Nunca aceitara ajuda monetária de ninguém era ordem do seu guia chefe, apesar de inúmeras vezes isto ser oferecido a ele.
Ministros, industriais, e militares que recorriam ao poder mediúnico de Zélio para a cura de parentes enfermos e os vendo recuperados, procuravam retribuir o benefício através de presentes, ou preenchendo cheques vultosos. "_Não os aceite. Devolva-os!", ordenava sempre o Caboclo.

A respeito do uso do termo espírita e de nomes de santos católicos nas tendas fundadas, o mesmo teve como causa o fato de naquela época não se poder registrar o nome Umbanda, e quanto aos nomes de santos, era uma maneira de estabelecer um ponto de referência para fiéis da religião católica que procuravam os préstimos da Umbanda. O ritual estabelecido pelo Caboclo das Sete Encruzilhadas era bem simples, com cânticos baixos e harmoniosos, vestimenta branca, proibição de sacrifícios de animais. Dispensou os atabaques e as palmas. . As guias usadas são apenas as que determinam a entidade que se manifesta. Os banhos de ervas, os amacis, a concentração nos ambientes vibratórios da natureza, a par do ensinamento doutrinário, na base do Evangelho, constituiriam os principais elementos de preparação do médium.

O ritual sempre foi simples. Nunca foi permitido sacrifícios de animais. Não utilizavam atabaques ou qualquer outros objetos e adereços. Os atabaques começaram a ser usados com o passar do tempo por algumas das Tendas fundadas pelo Caboclo das Sete Encruzilhadas, mas a Tenda Nossa Senhora da Piedade não utiliza em seu ritual até hoje.

Após 55 anos de atividades à frente da Tenda Nossa Senhora da Piedade (1º templo de Umbanda), Zélio entregou a direção dos trabalhos as suas filhas Zélia e Zilméa, continuando, ao lado de sua esposa Isabel, médium do Caboclo Roxo, a trabalhar na Cabana de Pai Antônio, em Boca do Mato, distrito de Cachoeiras de Macacu – RJ, dedicando a maior parte das horas de seu dia ao atendimento de portadores de enfermidades psíquicas e de todos os que o procuravam.

Em 1971, a senhora Lilia Ribeiro, diretora da TULEF (Tenda de Umbanda Luz, Esperança, Fraternidade – RJ) gravou uma mensagem do Caboclo das Sete Encruzilhadas, e que bem espelha a humildade e o alto grau de evolução desta entidade de muita luz. Ei-la:

"A Umbanda tem progredido e vai progredir. É preciso haver sinceridade, honestidade e eu previno sempre aos companheiros de muitos anos: a vil moeda vai prejudicar a Umbanda; médiuns que irão se vender e que serão, mais tarde, expulsos, como Jesus expulsou os vendilhões do templo. O perigo do médium homem é a consulente mulher; do médium mulher é o consulente homem. É preciso estar sempre de prevenção, porque os próprios obsessores que procuram atacar as nossas casas fazem com que toque alguma coisa no coração da mulher que fala ao pai de terreiro, como no coração do homem que fala à mãe de terreiro. É preciso haver muita moral para que a Umbanda progrida, seja forte e coesa. Umbanda é humildade, amor e caridade – esta a nossa bandeira. Neste momento, meus irmãos, me rodeiam diversos espíritos que trabalham na Umbanda do Brasil: Caboclos de Oxossi, de Ogum, de Xangô. Eu, porém, sou da falange de Oxossi, meu pai, e não vim por acaso, trouxe uma ordem, uma missão. Meus irmãos: sejam humildes, tenham amor no coração, amor de irmão para irmão, porque vossas mediunidades ficarão mais puras, servindo aos espíritos superiores que venham a baixar entre vós; é preciso que os aparelhos estejam sempre limpos, os instrumentos afinados com as virtudes que Jesus pregou aqui na Terra, para que tenhamos boas comunicações e proteção para aqueles que vêm em busca de socorro nas casas de Umbanda. Meus irmãos: meu aparelho já está velho, com 80 anos a fazer, mas começou antes dos 18. Posso dizer que o ajudei a casar, para que não estivesse a dar cabeçadas, para que fosse um médium aproveitável e que, pela sua mediunidade, eu pudesse implantar a nossa Umbanda. A maior parte dos que trabalham na Umbanda, se não passaram por esta Tenda, passaram pelas que saíram desta Casa. Tenho uma coisa a vos pedir: se Jesus veio ao planeta Terra na humildade de uma manjedoura, não foi por acaso. Assim o Pai determinou. Podia ter procurado a casa de um potentado da época, mas foi escolher aquela que havia de ser sua mãe, este espírito que viria traçar à humanidade os passos para obter paz, saúde e felicidade. Que o nascimento de Jesus, a humildade que Ele baixou à Terra, sirvam de exemplos, iluminando os vossos espíritos, tirando os escuros de maldade por pensamento ou práticas; que Deus perdoe as maldades que possam ter sido pensadas, para que a paz possa reinar em vossos corações e nos vossos lares. Fechai os olhos para a casa do vizinho; fechai a boca para não murmurar contra quem quer que seja; não julgueis para não serdes julgados; acreditai em Deus e a paz entrará em vosso lar. É dos Evangelhos. Eu, meus irmãos, como o menor espírito que baixou à Terra, mas amigo de todos, numa concentração perfeita dos companheiros que me rodeiam neste momento, peço que eles sintam a necessidade de cada um de vós e que, ao sairdes deste templo de caridade, encontreis os caminhos abertos, vossos enfermos melhorados e curados, e a saúde para sempre em vossa matéria. Com um voto de paz, saúde e felicidade, com humildade, amor e caridade, sou e sempre serei o humilde Caboclo das Sete Encruzilhadas".


Fonte: História da Umbanda - Internet


Já no aspecto acadêmico,  após muitas pesquisas, não se consegue provar isso,  pois dizem não cosntar registros da tal Federação Espírita, que seria muito difícil se conseguir uma rosa, próximo ao local da reunião mediúnica. Sendo que só em meados dos anos 1970, trouxeram  a tona esta "história", muitos acreditam que a Umbanda já existia, com o mesmo nome e ainda com outros, sendo a mesma religião. Outros acreditam que a Umbanda é muito antiga, seria um culto milenar levado à África por povos atlantes (lemurianos), durante as grandes migrações, outros afirmam ser originada na Atlantida. Na literatura encontra-se a informação que:

Uma das raças que habitava o antigo continente era a negra ( etíope) que, assim como outras que migraram para diversas partes do globo, desde o antigo Egito até as Américas, levou consigo o entendimento da magia e da luz divina para a África. Mesclando-se com as tradições religiosas dos povos locais e com seus feiticeiros, deu origem aos cultos africanos como conhecemos hoje.


A Umbanda surgiu originalmente como um movimento hermético e fechado nos Templos da Luz, nas academias iniciáticas, em civilizações de grande evolução, e teve sua função maior revelada quando precisou se transformar num culto gerido por magos brancos para combater o então emergente movimento de magia negra que se espalhava.

Mas....
Não há provas concretas sobre a existência do misterioso reino. “É um mito”, diz a historiadora Maria Luiza Corassim, da USP. “Não conheço qualquer trabalho sério que mostre evidências de Atlântida. Mas não faltam livros e teses tratando do assunto.” Em Atlântida, o Oitavo Continente (Nova Fronteira), o arqueólogo Charles Berlitz relata suas buscas submarinas na suposta região de Atlântida. A primeira menção à lendária civilização foi feita pelo filósofo grego Platão, que viveu no século 4 a.C., em dois de seus escritos, Timeu e Crítias. Segundo a narrativa, o continente era gigante e tinha até endereço: localizava-se a oeste do estreito de Gibraltar, no oceano Atlântico. Sua história foi apresentada por Platão como uma civilização utópica perfeita. O mítico continente teria existido há milhares de anos, habitado pelos descendentes de Atlas, filho de Posêidon, deus do mar. Os atlantes teriam dominado grandes territórios da Europa e da África, mas acabaram derrotados pelos atenienses. A civilização entrou em decadência, provocando a ira dos deuses. Em apenas um dia, terremotos e maremotos sepultaram Atlântida no fundo do mar. Alguns acreditam que o mito foi criado pelo filósofo grego com base na história real da ilha de Thera, no mar Mediterrâneo, que há 3.500 anos foi engolida por erupções vulcânicas e ondas gigantes.


CORES DE VIBRAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DOS 19 ORIXÁS CULTUADOS EM NOSSA INSTITUIÇÃO RELIGIOSA: "CONGÁ SAGRADO PAI SERAFIM DO CONGO, CACIQUE ´PENA BRANCA e OGUM DE RONDA"

CORES DE VIBRAÇÕES E REPRESENTAÇÃO DOS 19 ORIXÁS CULTUADOS NO
"CONGÁ  SAGRADO PAI SERAFIM DO CONGO, CACIQUE PENA BRANCA"

Estas são as cores que foram  permitidas serem a nós reveladas, e que, se estudarmos um pouco acabaremos descobrindo os fundamentos profundos no campo das irradiações energéticas que começam a acontecer após nossos “pedidos” e orações, invocações e fir­mezas, irradiações e cantos. As cores também vibram, haja vista a força da Cromoterapia.

OXALÁ             =    Branco.
OIÁ-TEMPO      =   Azul escuro.
OXUM              =   Dourado.
OXUMARÉ        =   Furta-cor.
OGUM               =    Vermelho.
EGUNITÁ          =    Laranja.
YANSà            =    Amarelo.
XANGÔ             =    Marrom.
OXÓSSI           =    Verde Escuro.
OBÁ                  =    Magenta.
OBALUAYÊ        =    Branco e Preto.
NANà               =    Lilás.
YEMANJÁ          =    Azul claro.
OMOLU             =    Branco, Vermelho, Preto.
OSSAIM            =    Verde claro.
IBEJI                 =   Rosa.
EXU                   =   Preto, e Vermelho.
POMBAGIRA      =   Vermelho, e Preto.
EXU MIRIM        =  Preto e Vermelho.

Essas são as cores que já se tornaram padrão, e está tudo certo para os nossos amados Orixás, uma vez que eles querem vê-los Irmãos a partir de sua fé, que deve ser pura e imaculada.
                                                  
Isaias Pintto Hernanndes – Sacerdote Sagrada Umbanda


            OXALÁ
            ****

   OYÁ TEMPO LOGUNAM
                        ****

                 OXUM
            ****

             OXUMARÉ
            ****

                OGUM
            ****

              EGUNITÁ
            ****

             YANSÃ
            ****

               XANGÔ
            ****

               OXÓSSI
            ****

                 OBÁ
            ****
 
                               OBALUAYÊ
                          ****




         NANÃ BURUQUE
            ****



              YEMANJÁ
            ****




..
                                              OMULU
                                    ****

              OSSAIM
           ****



                 IBEJI
            ****



. .
                                          EXU
                               ****




..
                                       POMBAGIRA
                                ****




.
                             EXU MIRIM
                          ****

*LEMBRANDO A TODOS QUE ESTAS CORES SÃO ADOTADAS CONFORME ORIENTAÇÃO ESPIRITUAL DOS MENTORES DO CONGÁ SAGRADO PAI SERAFIM DO CONGO, CACIQUE PENA BRANCA e OGUM DE RONDA, PARA A SAGRADA UMBANDA, NOSSA INSTITUIÇÃO RELIGIOSA.  EM OUTRAS INSTITUIÇÕES RELIGIOSAS PODERÃO SER ADOTADAS OUTRAS CORES NEM POR ISSO NÃO SERÃO ABENÇOADAS, DESDE QUE SENDO FUNDAMENTADAS.  Isaias Pintto Hernanndes - Sacerdote Sagrada Umbanda - Presidente da Instituição Religiosa.

FICHAS DE VIBRAÇÕES À DISTÂNCIA - MANTER-SE EM BOAS VIBRAÇÕES E RELAXAMENTO ÀS SEGUNDAS E QUARTAS-FEIRAS PELO MENOS DAS 18:00 ÀS 22:00 Hs

VIBRAÇÕES À DISTÂNCIA - INSTRUÇÕES PARA ENVIO DE DADOS

 
 
FICHAS DE VIBRAÇÕES À DISTÂNCIA E INSTRUÇÕES PARA ENVIO.


AVISO NÃO RETORNAMOS DANDO INFORMAÇÕES, POIS NOSSA FUNÇÃO NÃO É CONSULTAR, MAS SIM PERMANECERMOS EM VIBRAÇÕES, ORAÇÕES, PELO PERÍODO DESCRITO ABAIXO.




* MODELO DA FICHA DE ATENDIMENTO E VIBRAÇÃO À DISTÂNCIA, QUE NÓS PREENCHEMOS.






* ENVIAR  OS  DADOS PARA QUE POSSAMOS PREENCHER A FICHA, SEMPRE PELO ÚNICO E-MAIL :
 

* TODOS OS DADOS SÃO PRESERVADOS EM SIGILO E AS FICHAS SÃO DESTRUÍDAS APÓS 90 DIAS, TEMPO QUE FICAM SOB VIBRAÇÕES DAS ENTIDADES ESPIRITUAIS E VIBRAÇÕES PELA CORRENTE MEDIÚNICA DO "CONGÁ SAGRADO PAI SERAFIM DO CONGO, CACIQUE PENA BRANCA  e  OGUM DE RONDA" .


* A FICHA DE VIBRAÇÕES À DISTÂNCIA PODERÁ SER PREENCHIDA TAMBÉM NESTE BLOG,  APENAS CLICKANDO SOBRE O LINK :  "VIBRAÇÕES À DISTÂNCIA - ENVIE SUA FICHA" , QUE FICA NO CABEÇALHO DO INÍCIO DESTE BLOG.


* CASO HAJA POSSIBILIDADE, SOLICITAMOS QUE O ASSISTIDO MANTENHA-SE EM LUGAR TRANQUILO, ELEVANDO SEUS PENSAMENTOS AO ALTO, A DEUS,  PRINCIPALMENTE A PARTIR DAS 18:30 Hs ÀS 22:OO Hs. TODAS  QUINTAS-FEIRAS, HORÁRIO E DIA ESTES, EM QUE SE REUNE TODA A CORRENTE DE VIBRAÇÕES DE NOSSA CASA,  FORMADA POR GUIAS ESPIRITUAIS, MENTORES, GUARDIÕES E MÉDIUNS, TODOS VIBRANDO PELOS IRMÃOS ASSITIDOS PRESENTES E À DISTÂNCIA, SEJAM ELES ENCARNADOS OU DESENCARNADOS. EVITAR ENVOLVIMENTO COM VIBRAÇÕES NEGATIVAS COMO BRIGAS, DISCUSSÕES, CONSUMO DE ÁLCOOL, CARNE DE PORCO E FRUTOS DO MAR.

* ALERTAMOS QUE NÃO EXISTEM COBRANÇAS DE ESPÉCIE ALGUMA EM NOSSA ENTIDADE RELIGIOSA. NOSSA MISSÃO É DOAR ENERGIAS POSITIVAS, ECTOPLASMA, VIBRAÇÕES DE AMOR E EQUILÍBRIO.

DADOS PARA PREENCHIMENTO DA FICHA DE VIBRAÇÕES À DISTÂNCIA E INSTRUÇÕES PARA ENVIO.

DADOS  NECESSÁRIOS  OBRIGATÓRIOS :

NOME: _______________________________________________________________________
DATA DE NASC.:­­­_____________________IDADE:____________________________
SE FALECIDO, DATA DO DESENCARNE:______________________________
MOTIVO:­­­­­­­­­­­­­­­_____________________________________________________________________
ENDEREÇO:_________________________________________________________________
__________________________BAIRRO:________________________________________
CIDADE:______________________ESTADO:_____________PAÍS:_______________
PEDIDO:_____________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
O ATENDIDO TEM CONHECIMENTO DO PEDIDO?
(   ) SIM     (   ) NÃO
SOLICITANTE:_____________________________________________________________
DATA:­­­­­­­­­­­­­________________________________



 
------------------

 CONHEÇA E ESTUDE TAMBÉM PELO BLOG:  

www.isaiaspinto.zip.net

www.sagrada-umbanda.blogspot.com.br
 



 
UMBANDA  É  SINÔNIMO  DE  AMOR  E  CARIDADE.

"UMBANDA RELIGIÃO 100%  CRISTÃ"

 




* ATENÇÃO  MÉDIUNS  QUE  RESIDAM  EM  SÃO  JOSÉ  DOS  CAMPOS  -  SP.  QUE TENHAM  INTERESSE  DE  PARTICIPAR  NO  QUADRO  DE  MÉDIUNS  PARA  VIBRAÇÕES  À  DISTÂNCIA,  JUNTO  A  NOSSA  INSTITUIÇÃO  E  QUE   TENHAM  DISPONIBILIDADE   ENTRAR  EM  CONTATO  COM  SR.  ISAIAS  PINTTO,   PELO  TELEFONE: 
(12)  9975 6 1001   -   988 73 1001  



OS  PARTICIPANTES  DO  CURSO  DA  SAGRADA  UMBANDA  SÃO  OBRIGATORIAMENTE  PARTICIPANTES,  POIS  ALI  EXERCITARAM  SUAS  MEDIUNIDADES  E  DOAÇÕES  DE VIBRAÇÕES  E  AMOR.



 


"AS EDIFICAÇÕES TÊM QUE SER PARA O ALTO E NÃO SÓ PARA OS LADOS." Sr. Veludo - Guardião Chefe do Congá Sagrado Pai Serafim do Congo, Cacique Pena Branca e Ogum de Ronda"



 


* MUITAS PESSOAS APÓS CONHECEREM NOSSOS TRABALHOS CARITATIVOS, NOS PERGUNTAM COMO PODERIAM AUXILIAR NOSSA INSTITUIÇÃO.

INFORMAMOS QUE ACEITAMOS QUAISQUER DOAÇÕES DESTES PRODUTOS ABAIXO:


* VELAS  DE TAMANHO NÚMEOR 8 QUALQUER COR.
* FÓSFOROS
* ÁLCOOL
* PAPEL HIGIÊNICO
* GUARDANAPOS
* COPOS DESCARTÁVEIS
* SAL GROSSO
* AGUARDENTE  E  CHAMPANHE, DAS MAIS BARATAS.
* PRODUTOS DE LIMPEZA QUAISQUER.


NÃO ACEITAMOS EM HIPÓTESE ALGUMA DINHEIRO





" INFORMAMOS QUE NINGUÉM ESTÁ AUTORIZADO A PEDIR OU RETIRAR PRODUTOS FORA DE NOSSA SEDE.    DÚVIDAS ENTRAR EM CONTATO
 (12) 99756 1001 -  (12) 98873 1001  -  Sr. Isaias Pinto - Sacerdote Sagrada Umbanda  e Presidente do Congá Sagrado Pai Serafim do Congo, Cacique Pena Branca e Ogum de Ronda, Instituição filiada à U.F.U.C do Brasil"




* UTILIZE ESTE  LINK PARA  A PÁGINA DE PEDIDOS DE VIBRAÇÕES:
http://sagrada-umbanda.blogspot.com.br/p/vibracoes-distancia-envie-sua-ficha.html



"SAGRADA UMBANDA -  RELIGIÃO DEVIDAMENTE  CONSTITUIDA - UMBANDA SÉRIA"

sábado

FUNDAMENTOS E INFORMAÇÕES DE NOSSA INSTITUIÇÃO RELIGIOSA: "CONGÁ SAGRADO PAI SERAFIM DO CONGO, CACIQUE PENA BRANCA e OGUM DE RONDA - SAGRADA UMBANDA - INSTITUIÇÃO DEVIDADEMENTE CONSTITUIDA

ATENÇÃO: NOSSO CONGÁ - FUNDAMENTOS  E  INFORMAÇÕES

 


SAGRADA UMBANDA, RELIGIÃO ONDE ESPÍRITOS DE LUZ VIBRAM JUNTO AOS MÉDIUNS, POTENCIALIZANDO ENERGIAS PARA EQUILÍBRIO FÍSICO, MENTAL E ENERGÉTICO.


RELIGIÃO QUE PROMOVE VIBRAÇÕES DE AMOR E ORIENTAÇÕES RELIGIOSAS PARA QUE OS ASSISTIDOS EXERCITEM ATOS NOBRES E REFLEXÕES.  UMA RELIGIÃO QUE PROPICIA O  CRESCIMENTO ESPIRITUAL ATRAVÉS DO PERDÃO, ACEITAÇÕES E TRANSFORMAÇÕES DE ATOS E VIVÊNCIAS NEGATIVAS EM POSITIVAS.

EM NOSSA UMBANDA NÃO EXISTEM AMARRAÇÕES, NEM SACRIFÍCIOS DE ANIMAIS, NEM PROMESSAS, NÃO É USADO NENHUM TIPO DE ORÁCULO.

POIS NÃO NOS CABE ANTECEDER O FUTURO, MAS SIM IDEALIZÁ-LO E EDIFICÁ-LO COM AÇÕES SALUTARES, RESPONSABILIDADE E AMOR AO PRÓXIMO.

NOSSO FUNDAMENTO É O RESPEITO DE TODOS OS SERES DE DEUS. O RESPEITO AO LIVRE ARBÍTRIO, DESDE QUE ESTE SEJA EXERCITADO DENTRO DOS PARÂMETROS DO AMOR, DA CARIDADE, FRATERNIDADE E RESPEITO ÀS LEIS DE DEUS.

COMBATEMOS TODA DISCRIMINAÇÃO.

Isaias Pintto Hernanndes - Sacerdote e Presidente:
"Congá Sagrado Pai Serafim do Congo, Cacique Pena Branca e Ogum de Ronda"



“FUNDAMENTOS DO CONGÁ SAGRADO PAI SERAFIM DO CONGO, CACIQUE PENA BRANCA E OGUM DE RONDA, PRATICADOS PELOS PARTICIPANTES DE NOSSA CORRENTE MEDIÚNICA E CONTIDOS EM NOSSO ESTATUTO”

1. Nossa Umbanda crê num Ser Supremo, o Deus único criador de todas as religiões monoteístas. Os Orixás  são emanações da Divindade, como todos os seres criados.

2. O propósito maior dos seres criados é a Evolução, o progresso rumo à Luz Divina. Isso se dá através das vidas sucessivas – a Lei da Reencaranção, o caminho do aperfeiçoamento.

3. Existe uma Lei de Justiça Universal, que determina a cada um colher o fruto de suas ações, que é conhecida como Lei do Carma. As determinações da Lei Maior de Deus são soberanas.

4. A Umbanda se rege pela Lei da Fraternidade Universal: todos os seres são irmãos por terem a mesma origem, e a cada um devemos fazer o que gostaríamos que a nós fosse feito.

5. A Umbanda possui uma identidade própria, com diferentes formas de ritos de casa para casa, nós do Congá Sagrado Pai Serafim do Congo, Cacique Pena Branca e Ogum de Ronda, respeitamos isso. A Umbanda não se confunde com outras religiões ou cultos, embora a todos respeite fraternalmente, partilhando alguns princípios com muitos deles.

6. A Umbanda está a serviço da Lei Divina, e só visa ao Bem. Qualquer Ação que não respeite o Livre-arbítrio das criaturas, que implique em malefício ou prejuízo de alguém, ou se utilize de magia negativa, NÃO É UMBANDA. Certamente essas ações serão punidas pela Lei Maior.

7. A Umbanda não realiza em qualquer hipótese o sacrifício ritualístico de animais, nem utiliza quaisquer elementos destes em ritos, oferendas ou trabalhos.

8. A Umbanda não preconiza a colocação de despachos ou oferendas em esquinas urbanas, e sua reverência às Forças da Natureza implica em preservação e respeito a todos os ambientes naturais da Terra.
Em todas oferendas dos Filhos da Corrente Mediúnica do “Congá Sagrado Pai Serafim do Congo, Cacique Pena Branca e Ogum de Ronda”, existe o cuidado para não poluir o meio ambiente e nossa Sagrada Natureza. Numa oferenda utilizando velas, permanecemos próximos até finalizar a queima das mesmas, para evitar qualquer ocorrência de incêndio. Numa entrega em mar, rio, cachoeiras, matas nunca utilizamos vidros, como garrafas e espelhos, na natureza não lançamos isopor, plásticos, flores com espinhos, metais, produtos químicos. Numa oferenda de bebidas utilizamos coités de cocos ou de outras frutas, ou madeira. Por vezes lançamos ao solo as bebidas, pois as entidades absorvem os fluídos contidos nelas, não as bebem como muitos imaginam ou acreditam. Quanto a flores, frutas e outros alimentos, usamos alguidares de barro ou folhas, para acomodá-las. Não deixamos vasilhames, lixo. Respeitamos toda propriedade particular e leis vigentes no país.


 

9. Respeitamos todos as diversidades, exercidas com padrões éticos e morais.


10.TODO O SERVIÇO DA UMBANDA É DE CARIDADE, jamais cobraremos ou aceitaremos retribuições de quaisquer espécies por atendimentos, consultas ou trabalhos.
SEGUIMOS A DETERMINAÇÃO DE JESUS CRISTO : “DAI DE GRAÇA O QUE DE GRAÇA RECEBESTE”
“UMBANDA É AMOR E CARIDADE, SE HOUVESSE AQUI COBRANÇAS NÃO SERÍAMOS CARIDOSOS E CONSEQUENTEMENTE NÃO SERÍAMOS VERDADEIROS UMBANDISTAS”


11. Durante os trabalhos religiosos, todos os médiuns da corrente mediúnica de nossa Instituição Religiosa, deverão atentar para posturas, mantendo-se em pé se possível, não encostando nas paredes, não se despojando ao solo já que existem cadeiras para aqueles que tenham dificuldades físicas de manter-se de pé.


12. Durante nossas atividades de trabalho mediúnico não permitiremos a permanência de menores de 18 anos, salvo acompanhados pelos pais ou responsáveis legais.


13. Os participantes da corrente de médiuns e colaboradores de nossa Instituição Religiosa, deverão cumprir as determinações das Entidades Espirituais que estejam Comandando os Trabalhos, bem como as determinações do Sacerdote Responsável pelo Ritual, desde que estas sejam determinações dentro dos nossos princípios religiosos, trabalhos voluntários  para o bom desenvolvimento dos trabalhos, como arrumação e limpeza do local do rito, atendimento às Entidades na função de Camboneamento.

FUNDAMENTOS CONTIDOS EM NOSSO ESTATUTO.  CONGÁ SAGRADO PAI SERAFIM DO CONGO, CACIQUE PENA BRANCA e OGUM DE RONDA 

Sacerdote e Presidente:  Isaias Pintto Hernanndes


CULTUAMOS 19 ORIXÁS EM NOSSOS TRABALHOS.



TEMOS COMO ORIXÁS REGENTES DOS MÉDIUNS DE NOSSA CORRENTE APENAS OS ORIXÁS :  OXALÁ - OXUM - OXÓSSI - XANGÔ - OGUM - YANSÃ - YEMANJÁ.
"PODENDO EM ALGUNS CASOS MÉDIUNS HOMENS, TEREM A VIBRAÇÃO DE REGÊNCIAS E SUSTENTAÇÕES DE ORIXÁS DE PÓLO MASCULINO, PORÉM ACOMPANHADOS DE ORIXÁS DE PÓLO FEMININOS. BEM COMO TAMBÉM MÉDIUNS MULHERES TEREM AS REGÊNCIAS E SUSTENTAÇÕES DE ORIXÁ DE PÓLO FEMININO, ACOMPANHADO DE MAIS DOIS ORIXÁS, DE PÓLOS MASCULINO E FEMININO." 

TODO PROCESSO DE SE CHEGAR À REGÊNCIA SE DÁ COM ESTUDOS E PARTICULARIDADES E TESTES VIBRACIONAIS. Isaias Pintto Hernanndes -  Médium Dirigente Congá Sagrado Pai Serafim do Congo, Cacique Pena Branca e Ogum de Ronda.


AS  SETE LINHAS:  

Da Fé, do Amor, do Conhecimento, da Justiça, da Lei, da Evolução e da Geração.

SÃO REPRESENTADAS PELOS ORIXÁS:

OXALÁ  - LINHA DA FÉ
As irradiações da Fé estimulam a religiosidade.

OXUM   - LINHA DO AMOR
As irradiações do Amor estimulam as uniões.

OXÓSSI  - LINHA DO CONHECIMENTO
As irradiações do Conhecimento estimulam o raciocínio.

XANGÔ - LINHA DA JUSTIÇA
As irradiações da Justiça estimulam a razão.

OGUM  - LINHA  DA  LEI
As irradiações da Lei estimulam a ordem.

OBALUAYÊ  -  LINHA DA EVOLUÇÃO
As irradiações da Evolução estimulam a evolução seja após o desprendimento do espírito da carne, bem como nos processos reencarnatórios, chegada do espírito no tenro corpo físico. promove o Equilíbrio  Espiritual, devido a isso os Pretos Velhos vem nessa Vibração.

YEMANJÁ  - LINHA DA GERAÇÃO
As irradiações da Geração estimulam a maternidade.

Cada Orixá acima citado é polarizado com outro Orixá de Polo contrário.


OXALÁ  - LINHA DA FÉ - "LINHA CRISTALINA -ETÉRIA" POLARIZA COM  OIÁ TEMPO LOGUNAM 

OXUM   - LINHA DO AMOR - "LINHA MINERAL" - POLARIZA COM OXUMARÉ 

OXÓSSI - LINHA DO CONHECIMENTO - "LINHA VEGETAL"  POLARIZA COM OBÁ 

XANGÔ - LINHA DA JUSTIÇA - "LINHA ÍGNEA" - POLARIZA COM YANSà

OGUM - LINHA DA LEI - "LINHA EÓLICA" - POLARIZA COM EGUNITÁ 

OBALUAYÊ - LINHA DA EVOLUÇÃO - "LINHA TELÚRICA"- POLARIZA COM NANÃ BURUQUÊ 

YEMANJÁ - LINHA DE GERAÇÃO - *LINHA AQUÁTICA" -  POLARIZA COM OMULÚ 

* RESPEITAMOS TODAS AS CASAS IRMÃS E SEUS PRECEITOS, UMAS CHEGAM A UTILIZAR OS BÚZIOS DE CASAS DE NAÇÃO (CANDOMBLÉ), ENCAMINHANDO SEUS MÉDIUNS À ELAS, OUTRAS INTRODUZEM OS BÚZIOS (ORÁCULO SAGRADO DO CANDOMBLÉ), NOS RITOS DE UMBANDA ( ALGO QUE PARTICULARMENTE ESTE SACERDOTE NÃO CONCORDA, POIS SEMPRE ME POSICIONO: UMBANDA É UMBANDA, CANDOMBLÉ É CANDOMBLÉ ).  PARA SE CHEGAR AOS ORIXÁS  DE ORI (DE CABEÇA), OUTRAS CASAS BUSCAM NAS LEITURAS DE SEMENTES, ENQUADRAMENTO POR SIGNOS, OUTRAS AINDA NAS CARTAS DE TARÔ,  ATÉ BORRA DE CAFÉ UMAS USAM, OUTRAS AS RUNAS.  ALGUNS SACERDOTES DA ATUALIDADE  AINDA CHEGAM AOS ORIXÁS REGENTES PELA FORMA FÍSICA, FORMA DA CABEÇA, DOS TRAÇOS FISIONÔMICOS DOS SEUS MÉDIUNS.  QUANTOS MÉDIUNS FICAM COM SEUS ORIXÁS REGENTES INFORMADOS ERRONEAMENTE, POR  TEMPOS EXTENSOS, SENDO VERDADEIROS TORMENTOS, DÚVIDAS, POIS PROCURARAM NOS BÚZIOS,  ORÁCULO QUE  MOSTRAM ORIXÁS CULTUADOS NO CANDOMBLÉ.  ATÉ OS BÚZIOS TÊM PROBABILIDADES  DE 30% DE ERROS, CONFORME INFORMAÇÃO DOS PRÓPRIOS SACERDOTES SÉRIOS, MESMO SE BEM JOGADO, FUNDAMENTADO, POIS EXISTE A POSSIBILIDADE DESSE ORÁCULO MOSTRAR VIBRAÇÕES PRESENTES NO MOMENTO.
SEM CONTAR A MARMOTAGEM,  O GRANDE COMÉRCIO QUE SE FORMA DEVIDO AO ANSEIO DE PESSOAS QUEREREM BUSCAR SOLUÇÕES MÁGICAS PARA SEUS PROBLEMAS OU SACIAR CURIOSIDADES DIVERSAS, INCLUSIVE CONHECER O TÃO FALADO "ORIXÁ DE CABEÇA". TORNAM-SE PRESAS FÁCEIS PARA PESSOAS INESCRUPULOSAS, MAL PREPARADAS, MAL INTENCIONADAS QUE EXISTEM EM TODAS PARTES DA SOCIEDADE DOS HOMENS E TAMBÉM INFESTAM OS RITOS RELIGIOSOS DIVERSOS. AINDA EXISTEM CASAS QUE NÃO DÃO ÊNFASE ALGUM, NO ASPECTO DE INFORMAR COM FUNDAMENTOS O ORIXÁ REGENTE DE SEUS MÉDIUNS, CHEGANDO A PROIBIR OU ORIENTAR SEUS MÉDIUNS EM REUNIÕES E CURSOS A NÃO "DEIXAR" NENHUMA "ENTIDADE" ENTRAR NESSE MÉRITO, PARA NÃO CAUSAR POLÊMICAS, DESCONTENTAMENTO OU DIRECIONAMENTO  DIVERGENTE DAS DIRETRIZES DA CASA.
NOSSA MISSÃO AQUI NO CONGÁ SAGRADO DE PAI SERAFIM DO CONGO, CACIQUE PENA BRANCA e OGUM DE RONDA É CUMPRIR AS DETERMINAÇÕES DO ALTO, DA LUZ E ATRAVÉS DA TRANSPARÊNCIA E VERDADES, CULTUAR A UMBANDA COMO ORIENTADORA, DIRECIONADORA E EQUILIBRADORA, TENDO SEU ASPECTO DE SER FACILITADORA,  QUE É SUA FINALIDADE DENTRO DAS RELIGIÕES ESPIRITUALISTAS.
NOSSA FORMA DE SE CHEGAR AOS ORIXÁS REGENTES DOS MÉDIUNS DE NOSSA CORRENTE É UM TRABALHO SÉRIO DE ESTUDO, FUNDAMENTOS  QUE SE INICIOU HÁ MAIS DE 90 ANOS,  GUARDADO POR SACERDOTES E POR VEZES TRAZIDO AO CONHECIMENTO  DE OUTROS QUE NÃO DERAM A IMPORTÂNCIA DEVIDA E SE ENVEREDARAM PARA OUTRAS FORMAS E  ORÁCULOS, COMO OS CITADOS ACIMA, EM VEZ DE GASTAR TEMPO EM ANÁLISES, ESTUDOS E FUNDAMENTOS.  MUITAS PESSOAS CONFUNDIRAM E CONFUNDEM OUTROS ORIXÁS DO PANTEÃO AFRICANO COM OS ESCOLHIDOS PARA ATUAÇÃO NA UMBANDA E AINDA CONFUNDEM ORIXÁS ESCOLHIDOS PARA REPRESENTAREM AS SETE LINHAS SAGRADAS  (QUE TAMBÉM VARIAM DE CASA PARA CASA) COM ORIXÁS DE REGÊNCIA DE MÉDIUNS DE UMBANDA.  
Isaias Pintto Hernanndes - Estudioso, Pesquisador, Médium Dirigente e Presidente da Entidade Religiosa  "Congá Sagrado Pai Serafim do Congo, Cacique Pena Branca e Ogum de Ronda" - Entidade Filiada à U.F.U.C. do Brasil - União Federal de Umbanda e Candomblé do Brasil.

ORAÇÃO DE NOSSA CASA - CONHEÇAM TAMBÉM MEU OUTRO BLOG: www.isaiaspinto.zip.net

ORAÇÃO DO CONGÁ SAGRADO PAI SERAFIM DO CONGO, CACIQUE PENA BRANCA e OGUM DE RONDA. Por: Isaias Pintto Hernanndes


ORAÇÕES DO CONGÁ SAGRADO


 
Prece de Cáritas

Deus nosso Pai, que sois todo poder e bondade,
dai força àqueles que passam pela provação,
dai luz àqueles que procuram a verdade e
ponde no coração do homem a compaixão e a caridade.


Deus, dai ao viajante a Estrela Guia, ao aflito a consolação, ao doente o repouso.


Pai, dai ao culpado o arrependimento, ao espírito, a verdade; à criança o guia, ao órfão, o pai.
Que a vossa bondade se estenda sobre tudo que criaste.
Piedade Senhor para aqueles que não vos conhecem e esperança para aqueles que sofrem.
Que a Vossa bondade permita aos espíritos consoladores derramarem por toda a parte a paz, a esperança e a fé.


Deus, um raio, uma faísca do Vosso  amor pode abrasar a Terra.                           deixai-nos beber na fonte dessa bondade fecunda e infinita e todas as lágrimas  secarão, todas as dores se acalmarão.
Um só coração, um só pensamento subirá até vós,como num grito de reconhecimento e de amor.
Como Moisés sobre a montanha, nós vos esperamos com os braços abertos.
Oh! Bondade, Oh! Beleza!, Oh! Perfeição,                                                              e queremos de alguma sorte merecer a Vossa misericórdia.


Deus, dai-nos a força do progresso a fim de  subirmos até Vós.
Dai-nos a caridade pura, dai-nos a fé e a razão.
Dai-nos a simplicidade que fará de nossas almas
O espelho onde se refletirá  a  Vossa santa e pura imagem. 



PAI  NOSSO

Pai Nosso que estais no céu, santificado seja vosso Santo e Sagrado nome, meu Deus.


Venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade, assim na Terra como no espaço infinito e eterno. E nos reinos do céu.


O pão nosso de cada dia, dai-nos hoje e sempre Senhor.


Perdoai nossas dívidas, nossos erros, nossas ofensas, nossas mazelas, nossos fracassos e nossos vícios.


Assim como nós devemos perdoar nossos devedores, nossos ofensores.


Aqueles que erraram e erram conosco.


E não nos deixeis Senhor, cair em tentações, mas sim livrai-nos de todo mal  material, espiritual, físico, energético, psíquico, financeiro, viciativo e judicial.



GLÓRIA




Glória seja ao Pai, ao Filho, ao Espírito Santo de Deus.


Assim como era no princípio, agora e sempre por todos os séculos e séculos, amém.



Ó Maria, concebida sem pecados, rogai por nós, que recorremos a vós.


E glória a Deus nas alturas e paz na Terra aos homens de boa vontade.




AVE  MARIA



Ave Maria cheia de graças, o Senhor é convosco.


Bendita sois vós entre as mulheres


Bendito é o fruto de vosso ventre nasceu Menino Jesus.


Santa Maria mãe do Mestre Jesus, rogai por nós pecadores


Agora e na hora de nosso desencarne e na hora de nossa evolução.


Amém.


Por:  Isaias Pintto Hernanndes - Sacerdote e Presidente -
Congá Sagrado Pai Serafim do Congo, Cacique Pena Branca e Ogum de Ronda.